Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
João Gilberto
Criador da bossa nova, João Gilberto vive em 'absoluta penúria financeira'
The Grammy Awards
'Despacito' domina Grammy Latino 2017 com quatro prêmios
Anitta
Anitta está oficialmente 'casada' com Thiago Magalhães
Janet Jackson
Nariz de Janet Jackson está 'caindo', diz cirurgião plástico
Igor Miranda
Ver Colunas de Igor Miranda

#artigo

64 anos de Gene Simmons

8/25/2013 7:48:15 PM
(Foto: Getty Images)


De um imigrante israelita que se mudou para os Estados Unidos sem saber falar inglês para uma das grandes lendas do rock do mundo. A trajetória de Gene Simmons não foi fácil, mas sem dúvidas foi merecida.

O músico, que comemora 64 anos hoje, nasceu com o nome Chaim Witz em Haifa, Israel, e foi para Nova Iorque aos oito anos sem saber falar inglês. Aprendeu a língua principalmente lendo histórias em quadrinhos, livros de ficção científica e filmes de terror.



Cantor, guitarrista e baixista, Simmons começou a se envolver profissionalmente no mundo da música no final da década de 1960. Sua primeira banda propriamente dita foi o Bullfrog Bheer. Posteriormente, formou o Wicked Lester com Paul Stanley, que viria a ser seu parceiro musical até hoje.

O Wicked Lester não vingou e, juntamente de Stanley, Ace Frehley e Peter Criss, formou o Kiss. A banda lançou seu primeiro disco em fevereiro de 1974 e, desde então, não parou mais. São 20 álbuns de estúdio (sem contar os trabalhos solo simultâneos de 1978) e 10 ao vivo, além de lançamentos de diversos segmentos.



No total, o Kiss vendeu mais de 100 milhões de álbuns por todo o mundo, sendo sucesso em todos os continentes, mas especialmente nos Estados Unidos. Terra que acolheu Simmons sem que ele soubesse seu idioma.

Além de um grande músico, Simmons é um grande marketeiro. No melhor sentido. É o principal responsável em potencializar a marca da banda, que vende desde preservativos e papel higiênicos com sua logomarca, até carros e caixões personalizados.



Confira abaixo algumas frases célebres do The Demon. Vida longa a Gene Simmons!

"Todos deveriam vomitar no palco. É algo totalmente rock n roll".

"Não nos importamos com modas. O Punk veio e morreu. O Grunge veio e morreu. O Alternativo veio e morreu. Ou passou a se chamar Indie. Não nos importamos, somos apenas o KISS".

"Mozart não vendia merchandise porque não podia. Eu posso e venderei o que puder. Se quiser fazer um papel higiênico com o meu rosto impresso, farei. Você pode limpar a bunda com a minha cara, mas vai ter que pagar por isso".



"Eu nunca bebi. Você fica fedendo como um motorista de caminhão, ganha peso, e eu já tenho problemas demais com os doces. Você não faz sexo direito e no dia seguinte acorda de ressaca. Além do mais, custa dinheiro".

"Com o tempo percebi que minha língua é um instrumento divino, um presente das forças superiores. Vi isso pelo número de mulheres que falava oh, meu Deus! quando a utilizava lá embaixo".



"Assim como James Bond tem licença para matar, rockstars possuem permissão para ser ultrajantes. Nossa função é chamar atenção".

"Ouço Spice Girls, Oasis e Sheryl Crow. Gosto de tudo que é popular e bate contra o gosto dos críticos. O voto deles nunca serve pra nada".

"É possível para um homem ser monogâmico. Também é possível parar de respirar, mas não por muito tempo".



(Citações retiradas do quadro "Pensadores do Rock", do site Van do Halen)

por Igor Miranda

#interessante

#suaopinião

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online