Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
Wesley Safadao
Homens armados são presos ao tentar invadir show de Wesley Safadão em MG
Zezé Di Camargo e Luciano
Zezé di Camargo quer diminuir número de shows: 'não aguento mais'
Tribalistas
Tribalistas anunciam retorno e lançam quatro músicas inéditas
Taylor Swift
Saiba como foi o julgamento de Taylor Swift e DJ que ela acusa de abuso sexual
Igor Miranda
Ver Colunas de Igor Miranda

#artigo

As melhores respostas de Taylor Swift a advogado de DJ acusado de assédio

8/11/2017 10:56:02 AM
Aconteceu, na última quinta-feira (10), a segunda parte do julgamento do DJ David Mueller, acusado por Taylor Swift de assédio sexual. A cantora afirma que Mueller agarrou o bumbum dela quando tirava uma foto com ele, em um meet & greet de um show.


A ação foi movida por Taylor Swift após ela ter sido processada pelo DJ, que a acusa de ter gerado sua demissão da rádio onde trabalhava. A cantora pede apenas 1 dólar como indenização. David Mueller, por sua vez, insiste que a história é falsa e que tenha sido vítima de difamação.

Taylor Swift participou ativamente do julgamento, tendo comparecido às sessões de quarta (9) e quinta-feira (10). No segundo dia, ela respondeu a uma série de perguntas - muitas delas, desnecessárias - feitas pelo advogado de David Mueller.

Veja, abaixo, algumas das melhores respostas que Taylor Swift deu ao advogado de David Mueller:

Ao ser sugerido que ela deveria ficar chateada com seu segurança particular, por não ter feito nada:

Taylor Swift:
"Estou chateada com relação ao seu cliente, por colocar a mão debaixo de minha saia e agarrar minha bunda."

Ao ser perguntada por que a saia não parece estar sendo tocada na foto, tirada de frente e revelada pelo TMZ:

Taylor Swift:
"A minha bunda fica na parte de trás do meu corpo."



Ao ser questionada por qual motivo não reagiu ao assédio no momento e se ela houve envolvimento na demissão de David Mueller:

Taylor Swift:
"Não permitirei que seu cliente trate essa situação como sendo minha culpa, pois não é. O que aconteceu foi resultado das atitudes dele."

Ao ser perguntada se considera o toque do DJ como "proposital":

Taylor Swift:
"Ele não encostou na minha costela, nem no meu braço. Ele pegou na minha bunda."

Ao ser perguntada, novamente, se poderia ter feito algo no momento do assédio:

Taylor Swift:
"Seu cliente poderia ter feito uma foto normal comigo."

Ao ser questionada se poderia ter sido outra pessoa a pegar no bumbum dela:

Taylor Swift:
"Ele encheu a mão na minha bunda. Sei que foi ele."

por Igor Miranda

#interessante

#suaopinião

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online