Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
Cifras
Faustão erra nome de Pabllo Vittar e vira piada nas redes sociais
Queens Of The Stone Age
Josh Homme chuta fotógrafa durante show do Queens Of The Stone Age
Ivete Sangalo
Vídeo: Grávida de gêmeas, Ivete Sangalo faz show em trio elétrico
Luan Santana
Luan Santana bate recorde com novo clipe, mas trecho causa polêmica
Débora Blezer
Ver Colunas de Débora Blezer

#artigo

Cantores de pagode: Antes e agora

7/14/2014 4:57:30 PM
Quem viveu os anos 90 sabe que a década aqui no Brasil foi completamente dominada pelos grupos de pagode. Eles tinham presença cativa em todos os programas de TV da tarde e seus vocalistas eram vistos como verdadeiros galãs na época.

Hoje em dia o pagode está em uma nova fase, com isso alguns dos ídolos consagrados de 90 seguiram carreira solo ou até mesmo mudaram de ramo. Relembre alguns dos mais famosos pagodeiros e veja como eles estão hoje em dia.

Rodriguinho (Os Travessos)



Hoje em dia Rodriguinho não usa mais o tão famoso cabelo descolorido, moda que ajudou a lançar entre os pagodeiros da época. Ele deixou Os Travessos em 2004 e produziu álbuns para outros músicos além de comandar uma carreira solo discreta. Retornou aos Travessos recentemente.

Vavá (Kara metade)



Após brigar com os companheiros do grupo, Vavá lançou sua carreira solo em 2001. Em 2007, montou uma dupla com o irmão gêmeo Márcio, com quem se apresenta até hoje.

Belo (Soweto)



Foi líder do Soweto desde 1993, até que resolveu sair em carreira solo no ano de 2000. Após apenas um álbum lançado, Belo acabou sendo preso sob a acusação de tráfico de drogas. No período de seis anos em que ficou preso, Belo continuou lançando novos singles. Já o Soweto continua em plena atividade e inclusive fez uma parceria com o próprio Belo.

Netinho de Paula (Negritude Junior)



O Negritude Junior fez sucesso com músicas como "Cohab" e "Tanajura". Já em 2001 Netinho virou apresentador de televisão, passando por emissoras como Record, SBT e Rede TV. Em 2005, Netinho foi para na justiça acusado de agredir a esposa. Hoje Netinho vive no mundo da politica. Ele já teve um mandato como vereador e ocupa o cargo de Promoção da Igualdade Racial, na prefeitura de São Paulo.

Alexandre Pires (Só Pra Contrariar)



Ele ganhou a fama no grupo Só Pra Contrariar no início dos anos 90, com verdadeiros hits que ganharam as paradas nacionais. Em 2001, Alexandre lançou sua carreira solo que foi muito bem recepcionada pelo público. No total ele já lançou com 13 álbuns.

Salgadinho (Katinguelê)



Paulo Alexandre Nogueira Salgado, vulgo Salgadinho, assim como muitos pagodeiros resolveu deixar a banda em 2001, para seguir carreira solo e tocar novos projetos. Ele acabou lançando dois álbuns de música gospel e vive de investimento em imóveis.

Chrigor (Exaltasamba)



Junto a Péricles, Chrigor era um dos vocalista do grupo Exaltasamba. Ele deixou o posto vago em 2002, quando se afastou da carreira para lidar com uma depressão após a morte do pai. Alguns anos mais tarde Chrigor retomou a profissão de músico e faz shows até hoje com o repertório do antigo grupo.

Andersão (Molejo)



Anderson Leonardo, o Andersão do Molejo é um dos poucos que não se rendeu a carreira solo. Ele continua com o grupo em plena atividade até hoje, com o estilo engraçado e descontraído. O último álbum do grupo foi lançado em 2010.

Waguinho (Os Morenos)



Waguinho cantou muitos hits de sucesso com os Morenos na década de 90, mas desde 2005, o cantor mudou o seguimento de sua música e agora canta pagode gospel.

por Débora Blezer

#interessante

#suaopinião

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online