Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
Anitta
Anitta e J Balvin lançam clipe retrô para 'Downtown'
Cifras
Ricardo Bueno, ex-cantor do Dominó, morre aos 40 anos
Lady Gaga
Fãs comparam Lady Gaga a Joelma por visual em show no AMAs
Taylor Swift
Ed Sheeran nega que música de Taylor Swift seja sobre ele
Igor Miranda
Ver Colunas de Igor Miranda

#artigo

Expectativas para shows internacionais confirmados no Brasil em 2014

1/3/2014 3:44:36 PM
O ano de 2014 pode ser recheado de shows de grande porte no Brasil, mesmo com a Copa do Mundo interrompendo as atividades rotineiras do brasileiro especialmente nos meses que estão no meio do ano.


Os estádios feitos para a Copa do Mundo, em especial os "elefantes brancos" (estádios que não terão uso muito explorado para o esporte bretão) de Manaus, Brasília e Cuiabá, podem garantir uma rota de shows mais ousada para artistas e bandas. Mas os shows confirmados até o momento não saem muito da rota básica.

(Foto: Getty Images)

The Offspring (Belo Horizonte, Florianópolis e Xangri-Lá - RS): uma das bandas mais consagradas de punk pop dos anos 1990 e 2000 volta ao Brasil após apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro (Rock In Rio). Agora, o grupo se apresenta em Belo Horizonte, Florianópolis (Festival Devassa On Stage) e Xangri-Lá - RS (Festival Planeta Atlântida).

O pique dos caras do The Offspring não é mais o mesmo e isso é notável. Eles deixam a desejar no quesito energia em algumas performances. Mas não é motivo para descontentar os fãs (que são muitos no Brasil), até porque é uma boa oportunidade para conferir os grandes clássicos do grupo, misturados com músicas mais recentes - que também são boas.



(Foto: Getty Images)

Elton John (Rio de Janeiro, Goiânia, Salvador e Fortaleza - fevereiro): A tour de Elton John é um dos grandes exemplos de estádios que estão procurando "uso". Apesar do futebol cearense ser, de certa forma, tradicional e apreciado no estado, a Arena Castelão não será aproveitada como Mineirão e Maracanã, entre outros estádios do eixo.

Boa chance, portanto, para o pessoal cearense conferir uma apresentação de um grande nome da música, que lançou em 2013 um novo álbum, "The Diving Board", após sete anos de hiato criativo. Assim como os goianos, cariocas e baianos deram a sorte grande. John é muito sólido em seus shows e não deve ser diferente na turnê brasileira como um todo. Por hora, ainda não há nenhum show anunciado para São Paulo, o que é algo notável em se tratando de tours internacionais.



(Foto: Getty Images)

Metallica (São Paulo - março): uma das bandas mais populares do Metal não arreda o pé da estrada. Desde o lançamento de "Death Magnetic", de 2008, o Metallica só deu uma pausa nos shows para trabalhar no enfadonho "Lulu", parceria com Lou Reed, de 2011. Como a banda gosta de fazer shows, não é uma má ideia conferir o trabalho deles em cima do palco. O show dos caras costuma ser grandioso em estrutura, chamativo no visual e redondinho na performance sonora.

A apresentação única da banda no Brasil está agendada para o Morumbi, que ficou de fora da Copa. O show faz parte da turnê "By Request", em que os fãs escolhem o repertório. Muitas críticas estão sendo feitas ao modelo, já que a maioria está escolhendo canções clássica, que estariam no set do grupo naturalmente. Mas pode sair uma faixa obscura, o que vale o (alto) investimento de presenciar a essa performance.



(Foto: Getty Images)

Doro Pesch (São Paulo e Porto Alegre - março): a rainha do Metal confirmou dois shows até o momento. Nenhum para arenas, até porque ela não tem esse poderio. Mas é uma ótima oportunidade para os fãs da bela cantora curtirem seu bom show. Quem morar em tais capitais e gostar de metal, pode conferir o show mesmo sem ser muito fã de Doro. Ela comanda muito bem o palco e conta com uma boa banda de apoio.



(Foto: Divulgação)

Iced Earth (São Paulo - março): Jon Schaffer e companhia impressionam pela consistência, inclusive ao vivo. Amigos que estiveram em shows do Iced Earth, mesmo com Matt Barlow nos vocais, não se decepcionaram - a banda realmente funciona bem ao vivo. Até o momento, trata-se de uma apresentação única em São Paulo, mas eles vieram para o país em 2012. Não é uma banda para estádios, também. Mas é digna de ser conferida. Até porque o novo vocalista, Stu Block, provou competência no álbum mais recente, "Dystopia", e deve manter o padrão em "Plagues Of Babylon", a ser lançado no início de 2014. A turnê, aliás, deve conter algumas faixas desse novo disco. Então, espera-se que seja um bom trabalho.



(Foto: Divulgação)

HIM (São Paulo - março): os finlandeses do HIM, que se autointitulam do gênero "love metal", farão um show único no Brasil em março, parte da primeira turnê da história da banda pela América Latina. O grupo é consistente ao vivo e promete agradar aos fãs, que são pra lá de fervorosos e fanáticos quando o assunto é o grupo do "heartagram". Não é muito minha praia, mas por apresentar bons shows, merece a minha dica.



(Foto: Divulgação)

Lollapalooza 2014 (São Paulo - abril): a line-up do Lolla 2014 não me animou nem um pouco - o que não é surpresa, pois ano nenhum me agradou. Mas parece que esse ano está mais fraco ainda. Os headliners parecem não ser fortes o bastante para lotar, só o Muse, que já veio ano passado para o Rock In Rio.

Mesmo assim, há algumas atrações para serem destacadas. No primeiro dia, vale a pena conferir o show poderoso do Nine Inch Nails e as possíveis boas apresentações de Muse, Nação Zumbi e Vespas Mandarinas - as duas últimas são atrações nacionais. Para o segundo dia, recomendo Soundgarden, Raimundos e Selvagens À Procura Da Lei. O resto não bate com meu gosto ou é, de fato, muito ruim. Algumas das atrações confundem show com ensaio e fazem performances pra lá de desempolgadas, só para fã de carteirinha. Tome cuidado com essas.



(Foto: Getty Images)

Megadeth (São Paulo - maio): Dave Mustaine e sua trupe estão me surpreendendo por apostarem mais vezes nas turnês temáticas, em que tocam, na íntegra, álbuns antigas que comemoram aniversários. O escolhido da vez é o "Youthanasia", que não está entre meus preferidos, mas é um bom trabalho. Será uma boa experiência ouvir o disco na íntegra, com Chris Broderick fazendo justiça às guitarras de Marty Friedman. Mesmo vindo muitas vezes para o Brasil nos últimos tempos, o Megadeth trabalha para que seus shows não sejam enjoativos. A apresentação agendada para o Espaço das Américas promete manter o nível de qualidade do grupo - que é bem alto.



Observações:

1) É muito possível que a turnê do Guns N Roses seja confirmada no Brasil nos próximos dias. Mesmo com a formação adulterada e severas críticas à performance de Axl Rose, as apresentações no Brasil sempre lotam. Quem esteve no show do Rock In Rio, em 2011, não aprovou, mas muitos gostaram das apresentações feitas em 2010, também em terras tupiniquins. Vai depender do humor de Axl. Só precisa de paciência para o atraso.

2) Até o momento, não há NENHUMA informação concreta de turnê do AC/DC no Brasil. Isso é um boato lançado por meio de um cartaz feito por internauta e altamente disseminado. Considerando que mal entramos em janeiro, a banda sequer teria tantas datas confirmadas de uma turnê mundial para o segundo semestre logo de uma vez. Além disso, espalharam um link do site oficial do grupo, com uma data agendada para o Brasil. O endereço é verdadeiro, mas basta ler melhor: a informação contida é de um show que já passou, feito no Estádio do Morumbi em 2009. Talvez, agora, o conjunto comece a planejar uma excursão para o ano, mas até agora não há nada confirmado.

(Texto obviamente de minha autoria, mas originalmente publicado em minha coluna "Cabeçote" no site Van do Halen. A versão encontrada no Revista Cifras contém acréscimos e alterações)

por Igor Miranda

#interessante

#suaopinião

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online