Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
João Gilberto
Criador da bossa nova, João Gilberto vive em 'absoluta penúria financeira'
The Grammy Awards
'Despacito' domina Grammy Latino 2017 com quatro prêmios
Anitta
Anitta está oficialmente 'casada' com Thiago Magalhães
Janet Jackson
Nariz de Janet Jackson está 'caindo', diz cirurgião plástico
Igor Miranda
Ver Colunas de Igor Miranda

#artigo

Homenagem: morre Phil Everly, da influente dupla Everly Brothers

1/6/2014 2:32:31 PM
Da esquerda para a direita, Phil e Don Everly (Foto: EFE)

Phil Everly, um dos integrantes da dupla The Everly Brothers, se despediu do mundo em Burbank, cidade californiana dos Estados Unidos. Vítima de problemas pulmonares, Phil faleceu com 74 anos.

Juntamente de seu irmão, Don Everly, Phil compunha o The Everly Brothers. A música da dupla era, em sua raiz, country, com toques de rockabilly. Mas o trabalho deles foi essencial para o desenvolvimento do estilo que, a partir da década de 1950, passou a ser conhecido como rock and roll.

O sucesso dos Everly Brothers não foi instantâneo - o primeiro single do duo, "Keep A Lovin´ Me" fracassou. Só depois, com "Bye Bye Love", o sucesso bateu à porta deles. A canção, aliás, foi rejeitada por outros 30 artistas até chegar às mãos dos irmãos. Ainda bem.



A década de 1960 foi de muito sucesso para os irmãos, que, com apenas cinco anos de carreira (já em 1962), haviam faturado 35 milhões de dólares com venda de discos. Entre vários artistas influenciados pela dupla, estão quatro rapazes de Liverpool, que chegaram a ser chamados de "os Everly Brothers britânicos". O Beatles foi altamente orientado pelo trablho de Phil e Don no início da carreira.

O declínio dos Everly começou ao final da mesma década, quando voltaram às raízes do country. Eles se reuniram nos anos 1980, mas sem o mesmo impacto. Nos hiatos de tempo, trabalharam em bons discos solo.

Phil Everly, juntamente de seu irmão Don, ajudou a construir o caminho de um novo estilo musical. Por si só, já é um grande feito. Mas colaborar com a estruturação do rock, gênero que se perpetuou e continua tendo grande impacto nos dias atuais, é um feito ainda maior. Descanse em paz, Phil.









por Igor Miranda

#interessante

#suaopinião

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online