Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
Nirvana
Nirvana: 'Kurt Cobain era feminista', diz Dave Grohl
Henrique e Juliano
Tumulto é causado após Henrique e Juliano cancelarem show em RJ
Led Zeppelin
Robert Plant revela música do Led Zeppelin que tem vocais 'horríveis'
Lady Gaga
Vídeo: Lady Gaga interrompe show após fã se machucar na plateia
Igor Miranda
Ver Colunas de Igor Miranda

#artigo

Top 10: 57 anos de Blackie Lawless

9/4/2013 12:13:32 PM
(Foto: Divulgação)

O homem que promoveu a união mais híbrida e tênue entre hard rock e heavy metal completa hoje 57 anos.

Blackie Lawless, nascido Steven Edward Duren, foi de Nova Iorque para o mundo na década de 1980. Mas teve um passado cheio de extremos. Quando criança, era muito ligado à igreja. Mas diz que "nasceu de novo" aos 11 anos de idade, quando abandonou a religião e passou a ter outros interesses.

Um de seus maiores interesses passou a ser a música. Em 1975, ele integrou o New York Dolls como guitarrista, mas apenas por uma turnê. Continuou montando projetos, como o Sister. Em 1981, formou o London, banda que contava com Nikki Sixx (Mötley Crüe) e, em outras encanrnações, teve músicos do calibre de Izzy Stradlin (Guns N Roses) e Fred Coury (Cinderella).

Lawless finalmente vingou em seu projeto, W.A.S.P., a partir de 1982. Dono de um talento incomparável, Blackie comanda o grupo desde sua criação, como vocalista, multi-instrumentista (já chegou a preparar álbuns inteiros completamente sozinho) e compositor.

Além disso, é um grande performer. Apresenta shows teatrais aos fãs. Costumava atirar pedaços de carne no público, vomitar sangue e fazer atrações pirotécnicas em cima do palco. Hoje em dia, mais velho e quieto, não faz mais isso.

Aos 57 anos, Lawless continua a fazer turnês com o W.A.S.P.. Não mais em arenas, agora em casas de shows mais intimistas. Seu legado permanece e, com sorte, ainda poderemos apreciar muitos novos trabalhos de sua autoria.

W.A.S.P.: "I Wanna Be Somebody"



W.A.S.P.: "L.O.V.E. Machine"



W.A.S.P.: "Wild Child"



W.A.S.P.: "Blind In Texas"



W.A.S.P.: "I Don´t Need No Doctor" (Ray Charles cover)



W.A.S.P.: "The Real Me" (The Who cover)



W.A.S.P.: "The Idol"



W.A.S.P.: "Chainsaw Charlie (Murders In The New Morgue)"



W.A.S.P.: "Black Forever"



W.A.S.P.: "Babylon´s Burning"

por Igor Miranda

#interessante

#suaopinião

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online