Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
Ed Sheeran
Ed Sheeran revela ter fraturado os dois braços em acidente
Lollapalooza
Lollapalooza Brasil 2018 divulga programação para cada dia de festival
Caetano Veloso
'Algum conservadorismo é necessário', diz Caetano Veloso
Paul McCartney
Crianças são impedidas de entrar em show de Paul McCartney no Brasil

#notícia

20 anos sem Chico Science, a referência do manguebeat

2/2/2017 2:16:59 PM
A morte de Chico Science, que completa 20 anos nesta data, me lembra, um pouco, a de Kurt Cobain. Obviamente, não pelas circunstâncias: o líder do Nirvana cometeu suicídio, enquanto o cantor da Nação Zumbi foi vítima de um acidente de carro, enquanto viajava de Olinda ao Recife, em Pernambuco.




Suas mortes ocorreram cedo demais (Kurt tinha 27 anos e Chico, 30). Ambos tinham, criativamente, muita lenha para queimar. Além disso, o falecimento desses dois ícones fez com que seus respectivos gêneros (grunge e manguebeat) não se segurassem em popularidade, a partir de seus outros representantes.

Eles também se parecem em trajetórias. Ambos vieram de locais distantes dos principais "centros criativos" de seus países (Seattle e Pernambuco), emergiram na década de 1990 e protagonizaram a popularização de novas estéticas musicais.



Mas Chico Science consegue ir um pouco além. Carregado de fortes ideologias e distintas influências, protagonizou não só a popularização, como, também, a própria concepção do manguebeat. O gênero, disseminado no Brasil na década de 1990, mistura gêneros internacionais, como rock, hip hop, black music e funk rock a ritmos regionais, como maracatu e frevo.

O manguebeat foi como uma evolução musical de uma peculiar sonoridade desenvolvida por nomes como Novos Baianos, Robertinho de Recife e outros. Na década de 1980, tal pegada foi abandonada por novas bandas - e gravadoras - para a aposta nos excessos padronizados daquela época. Trocou-se o swing pelos sintetizadores, o brasileiro pelo globalizado e o tempero regional pelo enlatado musical.

A década de 1990 foi marcada pelo resgate do regional na música popular. O manguebeat, disseminado por grupos como Chico Science & Nação Zumbi, Mundo Livre S/A, Mestre Ambrósio e outros, apareceu de carona. Além disso, bandas de outros gêneros também beberam dessa fonte - de Skank a Sepultura, passando por Planet Hemp, Charlie Brown Jr e mais.



Duas bandas de manguebeat, em especial, fizeram sucesso fora do circuito nordestino: Chico Science & Nação Zumbi e Mundo Livre S/A. O grupo de Science voou ainda mais alto. Seus dois álbuns de estúdio, "Da lama ao caos" (1994) e "Afrociberdelia" (1996), obtiveram boas vendas e conquistaram disco de ouro no Brasil. Houve, ainda, o reconhecimento da crítica e de outros grupos, como citado anteriormente. Não era para menos: esse par de discos continha um material diferenciado.

Atentar-se às datas é algo essencial para entender a dimensão da morte de Chico Science. O primeiro disco da Nação Zumbi saiu em abril de 1994 e Science faleceu em 2 de fevereiro de 1997. Foram menos de três anos de sucesso em dimensões nacionais.



Na época da morte de Chico Science, a Nação Zumbi planejava sua terceira turnê internacional, por Estados Unidos e Europa. O grupo divulgava "Afrociberdelia", seu segundo disco de estúdio. Science, Nação, manguebeat... era tudo muito novo.

Infelizmente, assim como quando Kurt Cobain "matou" o grunge, comercialmente, ao tirar a própria vida, Chico Science levou, para a sua cova, o estilo musical que ajudou a difundir. A Nação Zumbi seguiu com Jorge Du Peixe nos vocais, mas nunca mais repetiu o sucesso nacional conquistado com Science. Os demais grupos do movimento se contentaram com o underground, com alguns deixando de existir com o passar do tempo, e o gênero não teve muitos nomes novos que surgissem para renová-lo.

Se o manguebeat não se renovou e deixou de fazer sucesso nacionalmente, Chico Science segue como um expoente de nossa cultura contemporânea, mesmo duas décadas após seu falecimento. Popularizar um distinto gênero musical fora do eixo Rio-São Paulo não é para qualquer um. Chico ainda será lembrado por muito tempo.

#interessante

#suaopinião


ei nerd  


logo letras Veja a lista de letras das músicas de: logo letrasAprenda a tocar as músicas de
Letras de músicas: Aprenda a tocar:
Letras de Chico Science Cifras de Chico Science
Letras de Chico Science Cifras de Chico Science
Letras de Nação Zumbi Cifras de Nação Zumbi
Letras de Nação Zumbi Cifras de Nação Zumbi
Letras de Nirvana Cifras de Nirvana
Letras de Nirvana Cifras de Nirvana

#tags

Ed Sheeran

Red Hot Chili Peppers

Pearl Jam

Liam Gallagher

Imagine Dragons

Lana Del Rey

The Killers

Caetano Veloso

Paul McCartney

Pabllo Vittar

Anitta

DJ Alesso

Maiara e Maraisa

Marilyn Manson

Rouge

Linkin Park

Música

Beyoncé

Luan Santana

Lollapalooza

Fifth Harmony

Madonna

Foo Fighters

Dave Grohl

Fergie

MC Kevinho

Chitãozinho e Xororó

Anavitória

The Voice Brasil

Aerosmith

Steven Tyler

Guns N' Roses

Shakira

Rock In Rio

Lady Gaga

Miley Cyrus

Demi Lovato

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online