Paramore
Irmã de Hayley Williams participa de show do Paramore
Aerosmith
Aerosmith faz desafio do balde de gelo em cima do palco
Nicki Minaj
Clipe de Nicki Minaj ganha montagem com barulhos de gases
Lady Gaga
Tumblr é criado para homenagear o fim da carreira de músicos que ainda estão vivos
Entrevistas Artigos

#notícia

Erasmo Carlos fala sobre vida, carreira e parcerias em entrevista ao Fantástico. Confira!

1/7/2013 11:40:30 AM
Erasmo Carlos fala sobre vida, carreira e parcerias em entrevista ao Fantástico. Confira!Cantor conta sobre a época da Jovem Guarda
Em uma entrevista para o quadro "O Que Eu Vi Da Vida" do Fantástico (Rede Globo) exibida no último domingo (6), o cantor Erasmo Carlos revelou mais detalhes sobre a época da Jovem Guarda, sobre as parcerias de longa data com Roberto Carlos e Wanderléa, além sexo, drogas e rock n´roll.


Sobre a ternurinha Wanderléa, o cantor afirmou: "O convívio da Wanderléa com a gente era muito, então um agarramento aqui e outro ali pode ter existido. Mas fora do grupo, choviam mulheres. Sexo é uma coisa maravilhosa, é um momento que nos apoxima de Deus, é algo mágico. A coisa que mais aproxima a gente de Deus é a música e o orgasmo".

O tremendão - apelido que ganhou na época -, falou sobre as dificuldades de sua infância: "Minha mãe veio mãe solteira da Bahia, de navio, e eu nasci aqui no Rio. Sempre moramos na casa dos outros e minha mãe pagava com trabalho nossa estadia".

Dentre altos e baixos pelos quais já passou em sua vida, Erasmo falou das dificuldades e ainda relevou a importância da carreira em sua vida: "A bebida foi a única droga que me prejudicou. A bebida ajudou a provocar os baixos da minha vida. Mas, o que eu faço hoje em dia é muito comparado com outras pessoas da minha idade.A música me tirou de certos caminhos que eu poderia ter seguido. Fui pego pela influência do rock and roll, aprendi a tocar violão com Tim Maia e, aos poucos, fui tocando, cantando e compondo". ".

Já a amizade com Roberto Carlos começou por meio de um amigo em comum, que levou Roberto a sua casa porque ele precisava de uma letra de música, "A gente foi convivendo e foi ficando amigo. Muitas brigas de turma nos aproximaram. Aquele negócio de 'brigamos juntos', sabe? Daí, de amigo a gente foi se identificando musicalmente. Com meu conjunto vocal fui fazendo coro para o Roberto, até que um dia resolvemos fazer juntos um rock em português e fizemos. Parei na Contramão". Depois não paramos mais até hoje!", contou o Tremendão.



Por Reuel Almeida e Tony Oliveira

ei nerd  


TOP 10 mitos ridiculamente comuns da ciência

Você tem medo de palhaços? Se não tem, vai ter!

Designer cria linha de cerveja em homenagem aos super-heróis

Os Simpsons entram na onda do Desafio do Gelo

Melhores vídeos do Desafio do Balde de Gelo entre as celebridades

Pegadinha russa é de matar do coração. Assista!

#suaopinião


#artistasrelacionados

#tags

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2014