Revista Cifras - As notícias do mundo da música
Revista Cifras
Chimbinha
Ximbinha afirma que processará cantora que deixou sua banda
Anitta
Anitta nega suposta briga com Pabllo Vittar: 'somos parceiras'
Pink Floyd
Homenagem da Polenguinho ao Pink Floyd é confundida com bandeira LGBT
Ed Sheeran
Ed Sheeran revela ter fraturado os dois braços em acidente
Últimas Notícias
RSSTwitterRevista Cifras no Youtube
Lollapalooza

Lollapalooza Brasil 2018 divulga programação para cada dia de festival

Red Hot toca na sexta, Pearl Jam fecha o sábado e The Killers faz show no domingo

Caetano Veloso

'Algum conservadorismo é necessário', diz Caetano Veloso

Cantor se mostrou contrário a chamar de 'pedofilia' algumas exposições artísticas: 'sabem que não se trata disso'

Paul McCartney

Crianças são impedidas de entrar em show de Paul McCartney no Brasil

Menores de 10 anos foram barrados; pais que viajaram de outras cidades ficaram desesperados

Cifras

Citando falso rumor, vereador de Ponta Grossa ameaça prender Pabllo Vittar

Político discursou com base em boato já desmentindo nas redes sociais

Chimbinha

Por 'descumprimentos', 3ª cantora deixa Ximbinha desde fim do Calypso

Outros músicos também saíram após acordos financeiros não serem cumpridos, diz produtor

Mais Notícias
Entrevistas Artigos

#notícia

Taxa de conveniência do Lollapalooza Brasil é ilegal, diz Procon

11/29/2013 9:56:49 AM
(Foto: Divulgação/ Facebook)


De acordo com informações divulgadas pelo UOL, o Procon de São Paulo classifica como ilegal a cobrança da taxa de conveniência de 20% na compra de ingressos para o Lollapalooza Brasil 2014.

Segundo Renan Frerraciolli, assessor do Procon, a única taxa que pode ser cobrada do consumidor é a relativa à entrega, que no caso do evento custa cerca de R$ 20.

"Se, antes, no passado, havia a novidade da compra pela internet, por conta da implementação de um sistema, hoje já se tornou a forma principal de compra de ingresso. Você cria dificuldades para empurrar os consumidores a pagar a taxa. Não existe serviço, nem conveniência" , afirmou.

Apesar do impasse, não existe uma lei em São Paulo que proíba a cobrança. Há apenas um projeto, que visa limitar a cobrança para 8% do valor do ingresso, mas o mesmo ainda precisa ser aprovado.

Desta forma, Frerraciolli orienta os fãs que comprarem os ingressos a pedirem ressarcimento do valor, e registrarem queixa no Procon.

A produtora T4F se manifestou através de uma nota, onde afirma não haver problemas legais com a cobrança, uma vez que não há lei proibindo a prática.

O Lollapalooza Brasil 2014 será realizado nos dias 05 e 06 de abril no autódromo de Interlagos, em São Paulo.


Por Camila Sousa

#interessante

#suaopinião


ei nerd  


#tags

XCalypso

Calypso

Ximbinha

Banda X

Michele Andrade

Anitta

Pabllo Vittar

Ed Sheeran

Red Hot Chili Peppers

Pearl Jam

Liam Gallagher

Imagine Dragons

Lana Del Rey

The Killers

Caetano Veloso

Paul McCartney

DJ Alesso

Maiara e Maraisa

Marilyn Manson

Rouge

Linkin Park

Música

Beyoncé

Luan Santana

Lollapalooza

Fifth Harmony

Madonna

Foo Fighters

Dave Grohl

Fergie

MC Kevinho

Chitãozinho e Xororó

Anavitória

The Voice Brasil

Aerosmith

Steven Tyler

Guns N' Roses

Shakira

Rock In Rio

Lady Gaga

Miley Cyrus

Demi Lovato

Revista Cifras
Petaxxon Comunicação Online

© Copyright 2017

notícias | artigos | entrevistas | videos

©2017 Petaxxon Comunicação Online