15 bandas de rock e metal da Alemanha que merecem ser ouvidas

Na onda de celebração da Copa do Mundo 2014, que teve a seleção alemã como campeã, a lista abaixo – que está em ordem alfabética – apresenta 15 boas bandas de rock e metal que merecem ser ouvidas por você, caro leitor. O país é tradicionalíssimo na música pesada.

Accept: Uma das maiores bandas de heavy metal da Alemanha ajudou a carregar o nome do país dentro do cenário da música pesada. Discos de destaque: “Balls To The Wall” (1984), “Metal Heart” (1985) e “Blood Of The Nations” (2010).

Axxis: Hard rock com os tradicionais elementos melódicos da região, que expôs o metal melódico para o mundo. Discos de destaque: “Kingdom Of The Night” (1989) e “Utopia” (2009).

https://www.youtube.com/watch?v=KTqli_ZFaHw

Blind Guardian: Power metal sem firulas ou invenções desnecessárias. O Blind Guardian é direto em sua proposta, mesmo em um estilo musical cheio de curvas. Discos de destaque: “Imaginations From The Other Side” (1995) e “Nightfall In Middle-Earth” (1998).

Bonfire: Hard rock dos bons! O Bonfire nunca conseguiu a mesma repercussão de seus contemporâneos no estilo, provavelmente pela distância do foco de mercado do hard rock oitentista: os Estados Unidos. Mas não perdem nada em qualidade. Discos de destaque: “Don´t Touch The Light” (1986), “Fireworks” (1987) e “Branded” (2011).

https://www.youtube.com/watch?v=Vrsnhem1zQU

Edguy: É difícil estabelecer um rótulo para a banda liderada pelo talentosíssimo Tobias Sammet. O grupo transita entre o hard rock, o heavy metal e o power metal de forma louvável. Um dos grandes trunfos da MPA (música pesada alemã). Discos de destaque: “Vain Glory Opera” (1998), “Hellfire Club” (2004) e “Rocket Ride” (2006).

Veja também:
Preta Gil conta que dormia na aula para ir a shows com seus pais

Gamma Ray: O genial Kai Hansen saiu do Helloween após os dois “Keepers”. Justo: eram muitos chefs para uma cozinha só. No Gamma Ray, ele lidera com louvor. Com Ralf Scheppers nos vocais ou com o próprio Hansen comandando o microfone, a banda se destaca facilmente no cenário power. Discos de destaque: “Heading For Tomorrow” (1990), “Land Of The Free” (1995) e “To The Metal!” (2010).

https://www.youtube.com/watch?v=9rbORk4fhbg

Grave Digger: A personificação (ou instrumentalização) do heavy metal em sua forma mais pura. Com elementos do speed e do power, o Grave Digger é único – e amado na comunidade metálica. Discos de destaque: “Tunes Of War” (1996) e “Excalibur” (1999).

Helloween: Provavelmente a banda de metal mais famosa da Alemanha. Precursores do que chamaríamos depois de power metal ou metal melódico, o Helloween elevou o gênero a um patamar técnico jamais visto até então. Soberano. Discos de destaque: “Keeper Of The Seven Keys Part 1” (1987), “Keeper Of The Seven Keys Part 2” (1988) e “Master Of The Rings” (1994).

Kingdom Come: Há quem diga que, no início, era a cópia malfadada, atrasada e germânica do Led Zeppelin. Mas o Kingdom Come apresentou boas músicas em suas diferentes fases – do hard rock antigo ao industrial contemporâneo. Discos de destaque: “Kingdom Come” (1988), “In Your Face” (1989) e “Rendered Waters” (2011).

Veja também:
Madonna chega aos 60 anos sobrevivendo às polêmicas e novas modas

https://www.youtube.com/watch?v=nq1tpCkAecI

Kreator: A referência do thrash metal alemão. Entrosado, o grupo tem uma discografia consistente e, de certa forma, incontestável. Curiosamente, a banda existe desde a década de 1980 – auge do estilo -, mas só passou a ter sucesso mesmo nos anos seguintes. Discos de destaque: “Extreme Aggression” (1989), “Cause For Conflict” (1995) e “Enemy Of God” (2005).

Michael Schenker Group: Um dos guitarristas mais icônicos do rock alemão, Michael Schenker deixou o Scorpions logo no início e passou a comandar o MSG, que também já adotou a variação McAuley Schenker Group, quando Robin McAuley era o vocalista. Hard n heavy com a guitarra no talo. Discos de destaque: “The Michael Schenker Group” (1980) e “Assault Attack” (1982).

Pink Cream 69: A banda que revelou Andi Deris, atualmente vocalista do Helloween, ao mundo. Deris, no entanto, só gravou três dos 11 discos dessa ótima banda de hard n heavy melódico. Vale conferir todos os trabalhos do grupo. Discos de destaque: “One Size Fits All” (1991) e “Sonic Dynamite” (2000>.

https://www.youtube.com/watch?v=7kUiPlHYytQ

Rammstein: O metal alemão foge pouco dos tradicionais hard rock, heavy metal e power metal. Mas o industrial do Rammstein é uma boa exceção à regra. Mesmo com as letras em idioma alemão, o grupo conseguiu aceitação mundial. Discos de destaque: “Mutter” e “Reise, Reise” (2004).

https://www.youtube.com/watch?v=KzGKsXPBILw

Scorpions: Se o Helloween é a banda de metal mais famosa da Alemanha, o Scorpions é o grupo alemão mais conhecido do país. Com mais de 40 anos de carreira, o quinteto comandado por Klaus Meine e Rudolf Schenker é reconhecido pelo bom hard rock que pratica. Discos de destaque: “Taken By Force” (1977), “Love At First Sting” (1984) e “Crazy World” (1990).

Veja também:
Antes de se assumir publicamente, Lulu Santos foi casado com outro homem por 14 anos

Warlock: A banda de Doro Pesch tem muito mais do que a rainha do heavy metal nos vocais. O instrumental consistente e pesado do grupo ajudou em sua consagração na década de 1980. Discos de destaque: “True As Steel” (1986) e “Triumph And Agony” (1987).

#comentários