65 anos de Robert Plant, a voz do Led Zeppelin

(Foto: Dave Hogan/Getty Images)

Uma das grandes lendas do rock completa 65 anos nesta terça-feira (20). Robert Plant é a voz de uma das bandas mais revolucionárias de todos os tempos, o Led Zeppelin

O cantor inglês, nascido em Bromwich, no condado de Staffordshire, começou a sua carreira musical profissionalmente aos 16 anos, cantando em pubs da cidade. Sua primeira gravação foi aos 18 anos, para um compacto solo para a CBS. Aos 19, gravou outro.

Entrou para a Band Of Joy, banda que contava com John Bonham na bateria, mas o grupo não alcançou a repercussão que pretendia. Plant reviveria a banda futuramente, já no século XXI e sem Bonham, que morreu em 1980.

https://www.youtube.com/watch?v=9Q7Vr3yQYWQ

No ano de 1968, aos 20 anos, entrou para o projeto do guitarrista Jimmy Page, que pretendia reformar o Yardbirds com uma nova formação. John Paul Jones, baixista, foi convidado, e juntamente de Page, convocaram Terry Reid, de carreira solo de destaque. Reid recusou a proposta, mas recomendou Plant. Estava formada uma lenda do rock.

Robert Plant foi um dos primeiros vocalistas do rock a adotar uma voz mais aguda. Sua influência do blues e do folk se tornou notável nas composições do Zeppelin. Timbragem única e fôlego incrível são outras características do vocalista, até nos dias de hoje.

O Led Zeppelin acabou com a morte de John Bonham, mas Plant nunca ficou parado. Lançou mais de 10 discos solo e algumas parcerias com Jimmy Page e Alison Krauss.

Veja também:
Gloria Maria relembra gafe com Freddie Mercury: 'esqueci de combinar'

Sua carreira intocável serviu de influência declarada para cantores como Freddie Mercury, Axl Rose, Steven Tyler, Sebastian Bach e até mesmo alguns contemporâneos, como Ian Gillan e Ozzy Osbourne. Vida longa a Robert Plant!

Discografia com o Led Zeppelin:

1969: Led Zeppelin

1969: Led Zeppelin II

1970: Led Zeppelin III

1971: Led Zeppelin IV

1973: Houses of the Holy

1975: Physical Graffiti

1976: Presence

1976: The Song Remains the Same

1979: In Through the Out Door

1982: Coda

https://www.youtube.com/watch?v=2vW21T6-PNM

Discografia solo:

1982: Pictures at Eleven

1983: The Principle of Moments

1984: The Honeydrippers: Volume One (com Jimmy Page)

1985: Shaken n Stirred

1988: Now and Zen

1990: Manic Nirvana

1993: Fate of Nations

1994: No Quarter (com Jimmy Page)

1998: Walking into Clarksdale (com Jimmy Page)

2002: Dreamland

2005: Mighty Rearrenger

2007: Raising Sand (com Alison Krauss)

2010: Band of Joy

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]