As piores capas de discos de todos os tempos

Freddie Gage – All My Friends are dead “Todos Meus Amigos Estão Mortos” dá pra perceber pela foto com o túmulo

Debbie Drake – How to Keep Your Husband Happy “Como deixar seu marido feliz” – A única capa que ensina todas as posições que deixarão seu marido muito feliz.

Millie Jackson – Back To The Shit Essa capa é autoexplicativa

Jona Jones – I Dig Chicks “Eu Escavo Garotas” – A capa mais literal

que você já viu

Prince – Lovesexy A capa de Lovesexy não teria problema algum, se não fosse um Prince naquela flor

Herbie Mann – Push Push – Quem resiste a um homem peludo?

Kevin Rowland – My Beaty – Trabalho semi-nu de bom gosto

Manowar Anthology – Overdose de testosterona

Orleans – Waking and dreaming – Ausência de testosterona

John Bult – Julie’s Sixteenth Birthday – John só na friendzone

Budy Ray Moore – This Ain’t no White Christimas – Porque o Natal é sempre melhor data pra fazer uma suruba em casa

Cody Matherson – Can I Borrow a Feeling? – Quem não resiste a um olhar vesgo pedindo um “sentimento emprestado”?

Shut up and dance – Dance Before The Police Comes – “Cala a boca e dança, senão te acerto o facão!”

Mike Adkins – Thank You For The Dove – Valeu pelo pombo Mike!

Veja também:
Ricky Martin afirma que 'sair do armário' fez muito bem para sua carreira

Wayne Newton – The Best of Wayne Newton – Wayne? Cadê você?

Carequinha – Cantigas de roda – O demônio vem disfarçado em muitas formas, nessa capa veio em forma de menininha da roda

Durval Vieira – O Sapatão – Outro álbum literal

El Bailador – A capa que inspirou o Guitarhero

Argentina coral – Cante Gitano – O broto dos seus sonhos

Compartilhar