As piores versões de todos os tempos

Esse é um tópico que dá pano pra manga. O que não faltam são versões de músicas consagradas, de gostos no mínimo duvidosos. Isso para não falar que alguns são verdadeiros crimes musicais. E a lista é extensa, entre nacionais e internacionais, músicos conhecidos e aspirantes a celebridades.

Preparem os ouvidos porque vem chumbo grosso aí!

T.A.T.U – How Soon is Now (Morrissey)

Morrissey definitivamente não deveria ter autorizado essa versão. Não mesmo.

Kiko Zambianchi – Hey Jude (The Beatles)

Que ele é um excelente músico nacional, ninguém questiona. Mas definitivamente essa gravação não foi seu melhor momento na carreira.

Nenhum de Nós – Astronauta de Mármore (David Bowie)

A música fez o maior sucesso nos anos 90, mas cá pra nós, “Sempre estar lá / E ver ele voltar / O tolo teme a noite / Como a noite / Vai temer o fogo…” não faz muito sentido.

Britney Spears – I Love Rock n´Roll (Joan Jett)

Não se sabe o que é pior, a versão estragada de um clássico do rock ou Britney Spears tentando se passar por rockstar.

Sandy e Junior – Imortal (Celine Dion)

“O que é imortal não morre no final.” Jura, Sandy?

Stefhany – Eu sou Stefhany (Crossfox) (Vanessa Carlton)

A Stefhany é linda, absoluta e acima de tudo uma ótima cantora. Só a Vanessa Carlton que deve discordar disso.

Veja também:
Escultura aparece com pichação do Kiss na Catedral de Santiago de Compostela

Calcinha Preta – Paulinha (Mariah Carey)

“Pauliiiiinha, me diz o que é que eu faço”

Mc’s Gorila e Preto – Te Amo Mas Tu Me Fu*** (Sean Kingston)

“Te amo mas tu me Fu***. Quebrou meu carro, destruiu meu carro, mesmo assim eu te amo” Com letras assim, os Mc’s poderiam se tornar poetas.

Latino – Despedida de Solteiro (Psy)

https://www.youtube.com/watch?v=SL3sovnMv0A

Essa é a ultima proeza do cara. Mas quando se trata de Latino fica difícil escolher só uma, afinal todo seu repertório são de versões “questionáveis”.

#comentários

Compartilhar