Descanse em paz: 50 anos de Steve Lee

A perda de Steve Lee ainda é sentida pelos fãs de Gotthard e de hard rock no geral. Ainda mais por ter sido completamente prematura. Se não fosse a tragédia de três anos atrás, ele completaria 50 anos nesta segunda-feira (5).

O vocalista suíço faleceu no dia 5 de outubro de 2010, com apenas 47 anos, vítima de um acidente em Mesquite, Nevada. Amante de motocicletas, Lee descansava e ajustava seus equipamentos durante uma excursão de motos pelos Estados Unidos.

Um caminhão bateu em algumas das motocicletas ali estacionadas. E uma delas, tragicamente, atingiu Steve Lee. O baixista do Gotthard, Marc Lynn, acompanhou o acidente. Nada pôde ser feito para salvar Lee.

O sentimento de perda é sempre ruim. Mas a sensação é que Steve Lee tinha muito mais a oferecer a seus fãs. Gravou nove excelentes discos com o Gotthard, além de alguns registros ao vivo. Permaneceu incansável desde o início de sua carreira, até porque o Gotthard nunca foi de ficar parado.

Aliás, o Gotthard é uma das maiores bandas da história da Suíça. Seus onze últimos lançamentos, incluindo registros ao vivo, atingiram o 1° lugar das paradas suíças. Mais de dois milhões de cópias de seus álbuns foram vendidas pelo mundo.

Não é para menos: a banda toda é de talento inestimável. Mas Steve Lee, juntamente do guitarrista Leo Leoni, conduziam perfeitamente a musicalidade do grupo. São responsáveis pela autoria da grande maioria das canções.

Veja também:
Anitta diz que já fez sexo a três e deixa apresentador sem graça

Como vocalista, Steve Lee se assemelhava aos grandes cantores do gênero. A influência de nomes como David Coverdale, Steven Tyler, Sammy Hagar e Glenn Hughes e Robert Plant é notável. Apresentava potência vocal, timbre único e originalidade aplausível.

Apesar do Gotthard ter decidido continuar com outro vocalista (Nic Maeder), o legado de Lee é permanente. Continua vivo em todos os fãs da banda e do estilo.

https://www.youtube.com/watch?v=mqW8p5EnwEA

Compartilhar

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]