Pastor lista as dez bandas mais perigosas do rock

Não é de hoje que pastores causam polêmica com algumas declarações. O pastor Jeff Godwin, constante crítico do rock n’ roll, escreveu em 1985 o livro “Devil’s Desciples” no qual cita dez bandas que segundo ele, são as mais perigosas para os jovens ouvirem.

Veja abaixo quais são as bandas e os comentários de Godwin:

AC/DC: “Essa banda causou mais danos que qualquer outra por aí”.

Rolling Stones: “Esses drogados hedonistas e miseráveis inventaram o Rock diabólico”.

Led Zeppelin: “Um grupo de caçadores de emoções ocultas, com um catálogo de negativismo, melancolia e óperas sexuais e sensacionalistas de Heavy Metal”.

Mötley Crüe: “Uma quadrilha de bocas sujas e fornicadores que espalham abertamente seu estilo de vida detestável”.

KISS: “Não contentes com os milhões de dólares já roubados de seus fãs, que são basicamente garotas de treze anos, o KISS parece longe de desaparecer na lata de lixo do Rock”.

Twisted Sister: “Atitude animalesca, machista, combinada com preferências sexuais estranhas e doentias. Uma das bandas mais prejudiciais da atualidade”.

Judas Priest: “Ocultismo, postura de motoqueiros nazistas, violência, violência e violência. O mundo fica ainda mais insano com esse nojento grupo de fascistas do Rock”.

Black Sabbath: “Um detestável grupo de necrófilos, adeptos da bruxaria”.

Ozzy Osbourne: “Repetidos e nojentos atos inconsequentes de depravação e vulgaridade”.

Veja também:
60 anos de Michael Jackson, o eterno e insuperável Rei do Pop

W.A.S.P.: “Uma junção dos mais perversos elementos do Rock atual. O nome da banda significa ‘We Are Sexual Perverts’ (Nós somos pervertidos sexuais). E a música que fazem prova isso”.

Fonte: http://www.vandohalen.com.br/

Compartilhar