Playlist Cifras: 10 ótimas baladinhas do rock

De Ramones a Dream Theater, do AC/DC ao Motörhead – praticamente toda banda de rock tem uma música que pode ser chamada de baladinha, cada um em seu estilo. Geralmente mais lenta, com timbres mais suaves e passagens mais pegajosas, as baladinhas são, geralmente, tentativas de emplacar os grupos nas rádios.

Apesar da clara tentativa comercial, há ótimas canções no segmento. Confira abaixo uma lista com dez ótimas baladinhas.

Vale a observação: a lista está em ordem alfabética, com organização a partir das bandas, e faz parte da série Playlist Cifras, que sempre destaca dez músicas interessantes. A intenção não é colocar as melhores ou maiores baladinhas, mas sim apresentar dez músicas legais dentro do tema. Somente. Sem rankings ou competições. Confira, divirta-se e, caso queira, sugira outras canções nos comentários!

Aerosmith – “Crazy”: é o tipo de música que fica na cabeça desde a primeira audição. Gruda mesmo. Ou seja, cumpre a principal função de uma boa baladinha.

Bon Jovi – “I´ll Be There For You”: os clichês nunca foram tão bem usados como nessa música. Baladinha feita para ser tocada em estádios.

Extreme – “More Than Words”: a famosa música que tomou as rádios do Brasil e do mundo no início dos anos 1990. Não pode faltar nas rodas de violão.

Veja também:
Joe Perry é internado após passar mal em show, mas já está melhor

Guns N Roses – “Patience”: além da ótima melódia, essa música tem algo que nunca falta no GNR: os bons timbres. Slash soa bem até no violão.

KISS – “I Still Love You”: balada composta por Paul Stanley após levar um pé na bunda, pois até rockstars sofrem com a rejeição. A versão do “MTV Unplugged” é soberba, com um berro de Stanley que dura mais de 10 segundos.

Pink Floyd – “Wish You Were Here”: os reis do rock progressivo são profundos até em suas baladinhas. Composição sensacional.

Poison – “Every Rose Has Its Thorn”: uma das mais conhecidas baladas do hard rock. Canção triste, “fim de festa”, mas ainda assim muito boa.

https://www.youtube.com/watch?v=c56vEgA4fjU

Skid Row – “I Remember You”: outra baladinha que, mesmo com a união de vários clichês do estilo, impressiona – principalmente pela performance fantástica de Sebastian Bach nos vocais.

Van Halen – “Can´t Stop Lovin´ You”: grudenta, amável e com um show de todos os integrantes. Uma das uniões mais estáveis entre o hard e o pop rock.

Whitesnake – “Is This Love?”: dizem que David Coverdale só sabe falar de amor em suas músicas. Essa canção demonstra que, pelo menos, ele compõe sobre isso muito bem.

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]