Playlist Cifras: 25 músicas de grandes artistas negros para o Dia da Consciência Negra - Revista Cifras

Playlist Cifras: 25 músicas de grandes artistas negros para o Dia da Consciência Negra

Celebrado desde o ano de 2003 no Brasil, sempre no dia 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra é feriado em, aproximadamente, mil cidades do País. A data é celebrada nos seguintes estados por completo: Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro.

A data serve para refletir em relação a todo tipo de discriminação sofrida pelos negros. Algo que também acontece no segmento musical. A partir do momento em que a música entrou de vez na cultura popular cotidiana, deixando de ser um item meramente folclórico, houve separação entre o que é “música para brancos” e “música para negros”.

Ficou mais complicado de segregar quando, praticamente, todos os gêneros musicais desenvolvidos por negros (blues, jazz, soul, R&B, funk e até hip hop) passaram a dominar as paradas de sucesso de todo o mundo – basicamente, quando música começou a ser vista como business.

Veja também:  Legião Urbana versus Fernando Collor

Na década de 1980, a segregação ganhou corpo com a popularização da MTV. A emissora americana, que sempre tentou ditar padrões, demorou a inserir artistas do hip hop oitentista, como Run DMC e Public Enemy, em sua programação.

Ainda no início da década de 1980, um grande alarde foi feito quando Michael Jackson entrou nas transmissões da emissora, mesmo já fazendo um estilo musical muito baseado no pop tipicamente “branco”. Ainda assim, tempo foi demandado para que o “Rei do Pop” rolasse na MTV. O presidente da gravadora CBS precisou ameaçar retirar todos os vídeos dos artistas de seu selo caso “Billie Jean” não entrasse na grade, segundo informações divulgadas pela revista Rolling Stone. Houve resistência semelhante com nomes fortes, como Prince e Whitney Houston. Veículos de comunicação menores replicaram (e ainda replicam) o comportamento.

Veja também:  Videoclipes de Jogos

Essa cultura de segregação musical a partir de etnias continua até os dias de hoje. A polêmica envolvendo Nicki Minaj e o VMA foi o capítulo mais recente disso tudo. É isso que movimentos antirracismo visam combater. Pense nisso. Curta, abaixo, a nossa Playlist Cifras com 25 grandes músicas de artistas negros. E lembre-se: almas não têm cor.

Michael Jackson – “Thriller”:

Chuck Berry – “Johnny B Goode”:

https://www.youtube.com/watch?v=AEq62iQo0eU

Gilberto Gil – “Esperando na janela”:

B.B. King – “The thrill is gone”:

James Brown – “I feel good”:

Stevie Wonder – “I just called to say I love you”:

https://www.youtube.com/watch?v=QwOU3bnuU0k

Jimi Hendrix – “Purple haze”:

Whitney Houston – “I will always love you”:

Veja também:  Nicki Minaj sensualiza em fotos de calendário publicadas no Instagram

Prince – “Purple Rain”:

https://www.youtube.com/watch?v=F8BMm6Jn6oU

Run DMC – “It´s tricky”:

Tim Maia – “Gostava tanto de você”:

2pac – “Dear mama”:

Marcelo D2 – “Qual é?”:

Jay-Z – “99 problems”:

Rihanna – “Diamonds”:

Nicki Minaj – “Anaconda”:

Bruno Mars – “Just the way you are”:

Racionais MCs – “Vida loka (parte II)”:

Aretha Franklin – “I say a little prayer”:

Milton Nascimento – “Maria Maria”:

Little Richard – “Tutti frutti”:

Alcione – “Estranha loucura”:

Sly and the Family Stone – “Stand”:

Seu Jorge – “Mina do condomínio”:

Nina Simone – “Ain´t got no, I got life”:

#comentários