Top 10: 43 anos sem Janis Joplin

(Foto: Divulgação)

Um dos grandes nomes do movimento hippie. Uma das primeiras cantoras a quebrar preconceitos se apresentando para públicos de rock. Dona de uma voz poderosa e de uma aptidão musical que permitia uma grande mistura de estilos.

Se faltam adjetivos para descrever Janis Joplin, sobram clássicos dessa grande cantora, que nos deixou há 43 anos. Joplin faleceu em Los Angeles, Califórnia, vítima de uma overdose de heroína. Infelizmente, ela não viu o sucesso de seu trabalho mais impactante: “Pearl”, lançado seis meses após sua morte, faria história mesmo sem o impulso que seu falecimento deu ao disco.

Mas o seu legado permanece. Não só pela sua importância na liberdade que tanto foi pregava pelo movimento hippie, ou pelas suas boas músicas, mas também por quebrar paradigmas em um meio que, se é sexista até os dias de hoje, está um pouco menos graças a Joplin. Descanse em paz.

“Piece Of My Heart”:

“Try”:

“Summertime”:

“Cry Baby”:

https://www.youtube.com/watch?v=YhLinEY7Zn8

“Me & Bobby McGee”:

“Get It While You Can”:

“To Love Somebody”:

“Down On Me”:

“Ball & Chain”:

“Mercedes Benz”:

Compartilhar

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]