Foto: divulgação

Conheça as melhores baladas românticas gravadas pelo Ramones

O Ramones foi uma banda formada na cidade de Nova York, em meados dos anos 1970, por quatro amigos: Joey, Johnny, Dee Dee e Tommy. A sonoridade adotada pelo grupo era pautada em melodias repetitivas e grudentas e letras que por vezes eram inocentes, além das poucas notas musicais utilizadas em cada composição.

As vestimentas utilizadas pelo grupo também eram simples e, na maioria das vezes, os trajes dos membros eram idênticos: camiseta, jaqueta, calça jeans e tênis. A junção da musicalidade minimalista com o visual despojado tornou o Ramones um dos pioneiros do punk rock, estilo caracterizado pela rebeldia, crítica social, calças rasgadas, penteado moicano, letras ácidas e as músicas curtas, rápidas e agressivas.

Porém, apesar do Ramones abordar temas como política, trabalho e problemas do cotidiano, grande parte das músicas do grupo fala de amor, relacionamentos e frustrações amorosas, temas um pouco distantes dos ideais revolucionários do movimento punk. Praticamente todo álbum lançado pela banda tem alguma canção para tocar em festa de casamento ou apenas para chorar de saudade por alguma antiga paixão que já não volta mais.

Algumas dessas baladas românticas são um pouco mais tristes, outras mais felizes – e ainda existem aquelas que beiram a melancolia. Seja como for, os fãs da banda amam essas canções e por mais malvados que possam parecer, sempre acabam se emocionando ao ouvir alguma dessas músicas mais tocantes.

Veja também:
Empresa cria a primeira guitarra inquebrável da história da música

Se você for um dos seguidores da lendária banda, vai viajar no tempo relembrando alguns clássicos. Caso não conheça o trabalho do Ramones, a lista abaixo pode ser uma grande oportunidade.

Feitas as devidas apresentações, vamos ao que interessa. Confira abaixo as melhores baladas românticas escritas pelo Ramones! One, Two, Three, Four!

“I Wanna Be Your Boyfriend”: Música do primeiro e auto intitulado disco da banda, lançado em 1976. É uma declaração de amor um tanto quanto simples, resumida no verso principal (e título) da música, que nada mais é do que um rapaz pedindo uma garota em namoro.

“I Love Her So”: Essa é uma das músicas mais legais da banda e pode ser encontrada no álbum “Leave Home” (1977). A letra, bem simples, fala sobre um menino que encontra uma moça em uma lanchonete, fica apaixonado e após um breve passeio, faz juras de amor eterno para sua paixão. Divertido e romântico, não é?

“Here Today, Gone Tomorrow”: Apesar da primeira frase da música ser “Oh, I Love You”, estamos falando de uma das composições mais melancólicas do Ramones. A faixa do clássico “Rocket To Russia” (1977) fala sobre alguém que ama muito outra pessoa, mas não vê futuro na relação, e está se preparando para acabar com a relação.

“Questioningly”: Separações, na maioria das vezes, são dolorosas e acarretam muitas lembranças. A letra de “Questioningly” fala sobre alguém que reflete sobre o término de um relacionamento, sofre com as lembranças, mas, no fim das contas, acaba relembrando que já não ama mais a outra pessoa.

Veja também:
Henrique e Juliano lançam o vídeo de 'Fim ou Intervalo', do DVD 'Menos é Mais'

“Baby, I Love You”: O nome já denuncia tratar se de uma canção romântica. Além do clima “anos 60”, a música é uma das mais pomposas da historia da banda. Ideal para dançar com seu amor no final da noite!

“7-11”: Não se deixe enganar pela bela melodia, afinal de contas, “7-11” é uma das músicas mais tristes do Ramones, já que fala sobre um casal que se apaixona, porém, em um acidente automobilístico, a garota morre, o que torna a vida do rapaz extremamente triste e vazia.

“Don’t Go”: Sabe aquela sensação ruim de perder alguém e depois se arrepender? Pois bem, “Don’t Go” fala exatamente sobre isso. Porém, mesmo com temática melancólica, a música chega a ser dançante.

“Daytime Dilemma (Dangers Of Love)”: É uma das mais longas composições do Ramones, com quase cinco minutos de duração (o que é uma eternidade dentro dos padrões da banda), e fala sobre os perigos do amor e de idealizar o(a) parceiro(a) como um ser humano perfeito.

“She Belongs To Me”: Mais uma das baladas tristes, fala sobre duas pessoas que disputam o amor de uma moça. Pelo visto, a briga é acirrada, já que o refrão é praticamente uma ameaça (e também mostra possessividade): “Não me diga como amar minha garota, ela pertence a mim”.

Veja também:
Maycon e Vinicius lançam parceria com Fernando e Sorocaba; confira

“Bye, Bye, Baby”: Se você quer afogar as mágoas após um triste fim de relacionamento, essa é a trilha sonora ideal.

“Can´t Get You Outta My Mind”: Talvez seja a balada mais pesada do Ramones. Da mesma maneira que a já citada “Here Today, Gone Tomorrow”, é uma música tensa, um pouco triste, até mesmo porque fala sobre alguém desesperado que não consegue esquecer um amor antigo.

“I Won´t Let It Happen”: Quem é que nunca errou, se arrependeu e fez promessas de não pisar mais na bola com o “mozão”, não é mesmo? Essa é a história de uma das faixas do bem sucedido álbum “Mondo Bizarro” (1992).

“Life´s a Gas”: A música faz parte do último disco da banda, intitulado “¡Adios Amigos!”. Sua letra é bem simples: diz que “a vida é conversa fiada” e pede para que “não fique triste, pois eu estarei lá”. Ao mesmo tempo em que pode ser encarada como uma canção de amor, parece ser uma forma da banda se despedir de seus fãs, já que os músicos sabiam que aquele seria o fim da linha.

E aí, gostou da lista? Deixe sua opinião nos comentários!

Um abraço e até a próxima semana!

*O texto não reflete, necessariamente, a opinião do Revista Cifras.

#COMENTE

Listas, resenhas, curiosidades e notícias do mundo da música, entretenimento e esportes.

Compartilhar