(Foto: Filipe Nevares / divulgação)

Mais pop e maduro, João Guilherme entra em nova fase da carreira musical

João Guilherme tem apenas 16 anos, mas sua carreira já é bem extensa para a sua idade. Além de seu currículo no cinema e na TV – atualmente, ele atua na novela “As Aventuras de Poliana”, do SBT -, o artista trabalha como cantor. Já são dois EPs (“Tudo É Você” e “João Guilherme: Volume II”, respectivamente de 2017) e um álbum (“Meu Caminho”, também de 2016) lançados, além de músicas para a trilha sonora da novela “Cúmplices de um Resgate” e do filme “Fala Sério, Mãe”.

Agora, João Guilherme aposta suas fichas em sua nova música de trabalho, “Manual”, gravada em parceria com Hodari. Com influências do pop internacional cada vez mais notáveis, o cantor parece estar encontrando a sua área de conforto artístico e falou, em entrevista ao Revista Cifras, sobre o novo momento de sua trajetória musical.

Durante o bate-papo, João Guilherme revelou que, em “Manual”, foi a primeira vez que ele contribuiu na composição de uma música lançada por ele. “‘Manual’ foi composta por mim, João Guilherme, pelo meu tio Pedro Lucas e pelo Renato Frei. Eles foram os compositores de todas as minhas outras músicas, só que, nessa, eu decidi participar, para trazer um pouco mais da minha cara e contar uma história minha”, afirmou.

A faixa também ganhou um videoclipe e, assim como na música, João Guilherme participou do processo de produção. “A história é uma pós-festa, com cenário bagunçado, ainda tem umas luzes e copos, e conta a história de um garoto e de uma garota que vivem um romance. Fiquei muito satisfeito com o resultado”, disse.

Veja também:
Laudo revela a causa da morte de Dolores O'Riordan, dos Cranberries

O cantor percebe que “Manual” se difere das outras músicas de sua carreira musical. “Do ‘Meu Caminho’ para ‘Volume 2’, a gente pegou uma fase de transição e quis passar isso na música. Em ‘Manual’, acho que é ainda diferente do ‘Volume 2’, que agora vai se estabilizar”, afirmou.

As influências na música exercem grande contribuição na atual sonoridade de João, que é fã de artistas como Harry Styles, Drake, Famous Drax e PrettyMuch. “Acho legal acostumar nosso ouvido a escutar um pouco de tudo, desde Harry Styles, que é um pop diferenciada, ao PrettyMuch, de pegada mais jovem. Busco misturar influências no meu trabalho. Curto trap, mas também curto pop e rap”, disse.

A sequência do trabalho musical de João Guilherme deve ser marcada por mais músicas e menos discos ou EPs. “Para esse ano, pensamos em lançar várias músicas e singles. A gente está bem focado nessa parte, mas não sei se faremos CD”, afirmou.

Influência familiar

João Guilherme é filho do cantor Leonardo, que se consagrou tanto na dupla com o irmão Leandro, falecido em 1998, quanto em carreira solo, seguida desde então. Além disso, há outros artistas em sua família, como o já citado Pedro Lucas, compositor e tio do rapaz.

“Comecei com a música desde cedo não só por causa do meu pai, mas pela família em geral. Fui começar a sair com meu pai quando já era mais grandinho. Meu tio é músico, meu avô é músico, minha avó é atriz… todo mundo em casa gosta de fazer barulho, gosta de cantar, de atuar, de tudo”, afirmou.

Veja também:
Paul McCartney afirma ter visto Deus em experiência com droga psicodélica

Leonardo, é claro, estreitou a relação de João Guilherme com a música, mas o caminho artístico do rapaz já estava se trilhando desde cedo. “Quando, enfim, eu comecei a ir pra fazenda do meu pai, com certeza isso ficou bem mais forte. Mas eu sempre tive influências de todos os lados. Lembro que eu comecei mesmo a querer trabalhar com música aos 13 ou 14 anos, quando comecei a novela ‘Cúmplices de Um Resgate’. Meu personagem cantava, então, tive vontade de levar isso pra frente”, disse.

Apesar de Leonardo ser um grande nome da música sertaneja, João Guilherme trilha seu caminho para o pop – e não pretende cantar sertanejo no momento. “Sempre gostei muito de escutar sertanejo, mas nunca cantei. Teve um momento em que a maior influência era meu tio, era São Paulo. Nunca quis fazer sertanejo na minha carreira. Mas ouço muito e gosto até de festa sertaneja. Quem sabe, né?”, afirmou.

Carreira dupla

Apesar de sua ligação com a música, é na atuação que João Guilherme tem se destacado nacionalmente. Após ter participado de alguns filmes, ele entrou para o elenco da novela “Cúmplices de um Resgate” (2015), do SBT. Hoje, está atuando em “As Aventuras de Poliana”, também da emissora paulista.

O artista revelou estar gostando muito de trabalhar em “As Aventuras de Poliana”. “O pessoal é muito gente fina, as gravações estão indo muito bem, o clima está muito gostoso, a novela está indo muito bem. […] E tem o filme ‘Tudo Por Um Popstar’, da Talita Rebouças, que está pra estrear, em outubro. Estou muito ansioso pelo filme”, afirmou.

Veja também:
Nos anos 80, Michael Jackson pediu para interpretar James Bond no cinema

A “carreira dupla” de João Guilherme não é novidade no mundo artístico: muitos já tiveram trabalhos mistos na música e na TV, como Frank Sinatra, Elvis Presley e Fábio Jr. Há, por outro lado, alguns nomes que não conseguiram exercer os dois trabalhos e acabaram tendo queda no padrão de qualidade.

O desafio é grande, mas João Guilherme está conseguindo se sair bem. “Desde que eu comecei a atuar no SBT, em um trabalho mais extenso, e a música entrou, venho conciliando os dois sem problema. Faço show no fim de semana e trabalho com as outras coisas nos dias de semana. Chega uma hora que se você começa a ter mais demanda, ou começa a fazer mais shows, uma coisa se sobrepõe à outra. Por enquanto a gente ainda não tem esse problema, mas a hora que acontecer, tenho certeza que eu vou estar pronto para fazer essa divisão”, afirmou.

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]