Foto: divulgação

Aids passou a ser uma doença dos pobres na América, diz Elton John

Elton John refletiu sobre os preconceitos em torno da aids em carta publicada no jornal britânico The Independent na última segunda-feira (3). As informações são da agência Reuters.

De acordo com Elton, o HIV passou a predominar em pobres, sobretudo da América do Sul e do Caribe, e acredita que essas pessoas estão sendo esquecidas. “Isso é uma desgraça”, disparou. Ele recorda, ainda, que o vírus começou a se espalhar infectando jovens gays de Nova York, Los Angeles e San Francisco.

A visão do cantor se justifica pelos números: a Organização Pan-americana da Saúde (Opas) alerta que 500 mil pessoas portam o vírus HIV na América Latina e Caribe.

“Todos deveriam entender os riscos, e os que necessitam [de apoio] deveriam ter a chance de uma ajuda digna”, escreveu John na carta, co-assinada pelo dono do The Independent, Evgeny Lebedev.

O músico é fundador da Elton John AIDS Foundation, criada nos anos 1990 nos Estados Unidos e no Reino Unido para apoiar programas de prevenção ao HIV e ajudar soropositivos a lidarem com a doença.

Filme sobre vida de Elton John, ‘Rocketman’, ganha 1° teaser; assista

Compartilhar