Foto: Divulgação

Amigas de infância, Selena Gomez finalmente fala sobre overdose de Demi Lovato

A cantora Selana Gomez estampou a capa da edição do mês de outubro da revista Elle. Na publicação, ela conversou sobre sua carreira e finalmente quebrou o silêncio sobre a overdose sofrida por Demi Lovato. As duas são amigas de infância e Selena ainda não tinha se manifestado sobre o assunto.

“Tudo o que vou dizer é que entrei em contato pessoalmente. Eu não queria fazer nada público. Eu não quero. Eu a amo. Conheço Demi desde quando tenho sete anos, então é… É isso o que vou dizer”, disse a cantora na entrevista.

A overdose de Demi Lovato começou no dia 24 de julho às 4 da manhã, quando ela enviou uma mensagem para um traficante de drogas ir até a casa dela. Fontes próximas à cantora dizem que ela estava numa festa em West Hollywood, e depois foi para casa. O traficante teria deixado um papel alumínio com oxicodona.

Ela foi encontrada inconsciente pelos paramédicos. Foi, então medicada com Narcan, usado em casos de overdoses com narcóticos. A cantora foi levada às pressas da casa onde mora, em Hollywood Hills para um hospital na região.

Por conta do incidente, Demi Lovato também cancelou a turnê de ‘Tell Me You Love Me’ na América do Sul. Atualmente, ela está internada em uma clínica de reabilitação.

“O que eu aprendi é que esta doença não é algo que desaparece ou desaparece com o tempo. É algo que eu devo continuar a superar e ainda não fiz. Quero agradecer a Deus por me manter viva e bem. Aos meus fãs, sou eternamente grata por todo o seu amor e apoio ao longo desta semana e além. Seus pensamentos e orações positivos me ajudaram a navegar por esses tempos difíceis”, disse ela após acordar.

Dançarina de Demi Lovato desabafa após ser acusada de dar drogas à cantora