Anitta fala sobre o preconceito que sofre no mundo da música por ser mulher

Funkeira acredita que o caminho é mais difícil pra quem é mulher (Divulgação)

Funkeira acredita que o caminho é mais difícil pra quem é mulher (Divulgação)

A cantora Anitta, recentemente eleita a Mulher do Ano, teve um 2017 pra lá de proveitoso. Com sucesso estrondoso, a funkeira começa a colher os frutos do seu trabalho internacionalmente.

Mesmo com todos os louros e glória, Anitta parou pra refletir sobre o preconceito que sofre no mundo da música pelo fato de ser mulher.

Em uma entrevista à uma revista, ela falou sobre o assunto. “O caminho é muito difícil. Antes achava que não tinha nada a ver com o fato de eu ser mulher, inclusive, já dei entrevista falando isso. Hoje penso completamente o contrário. O fato de ser mulher dificulta muito o caminho”, ela disse.

“Quebrar barreira é sempre algo muito difícil. Ser autêntica é uma coisa sempre muito difícil. Você assumir o que pensa e falar o que você faz. Isso te deixa vulnerável e aberta para receber críticas, elogios e apoio. Isso te deixa uma pessoa comentada. Para o bem e para o mal”, completou.

*Por José Elias Mendes

Compartilhar