Foto: Reprodução/Instagram

Organização do Rock in Rio nega que tenha proibido Anitta de passar som

A organização do Rock in Rio desmentiu, em nota ao jornalista Leo Dias, as acusações feitas por Anitta a respeito de sua apresentação no Rock in Rio 2019. A artista disse que foi proibida de fazer passagem de som e que parte das credenciais de sua equipe foi negada.

Uma das atrações principais do festival, no Palco Mundo, Anitta teria se apresentado de forma mal-humorada, segundo relatos de alguns fãs. O motivo estaria no tratamento que ela recebeu durante o evento.

Antes de entrar no palco, Anitta concedeu entrevista ao blogueiro Hugo Gloss e reclamou que não foi autorizada a fazer reconhecimento do palco e passagem de som, devido a um atraso ocasionado por artistas internacionais.

Além disso, Anitta acusa os organizadores de terem barrado as credenciais de sua equipe de marketing, que não conseguiu entrar no evento para fazer a cobertura de seu show.

Veja também:
Anitta usou playback no Rock in Rio? Internautas dizem que sim; cantora nega

A situação, inclusive, foi comentada por Anitta em entrevista posterior à sua apresentação. Ao dizer que não conseguiu fazer sua passagem de som, a cantora disse que artistas internacionais são tratados de forma diferente.

“A gente entrou no palco sem conhecê-lo. Quando nos deram, o festival já tinha começado. Entramos no palco ainda tentando entender o espaço. Super rola diferença [de tratamento pela organização de festivais]. Mas, apesar de todos os pesares, deu tudo certo no fim. Conseguimos fazer um show muito legal. A gente se divertiu”, afirmou.

Porém, a equipe de assessoria de imprensa do Rock in Rio negou as acusações feitas por Anitta em nota enviada à coluna de Leo Dias, do portal ‘Uol’. A organização do evento alega que a passagem de som sofreu atrasos, mas foi realizada.

Veja também:
Influenciador diz que Anitta e equipe dela o trataram com desdém em evento

Sobre as credenciais, a assessoria do festival disse que recebeu recebido o mesmo número que todos os outros artistas contratados pelo evento.

Leia a nota de esclarecimento na íntegra:

“A organização do evento esclarece que por uma questão técnica de uma banda e problemas logísticos de outra, a passagem de som de todos os artistas de sábado, dia 5, foi realizada com atraso em cascata. O evento ressalta que a passagem de som de Anitta foi realizada mesmo que com atrasos. Já com relação às credenciais de acesso à frente de palco, Anitta recebeu toda a sua cota (40 acessos), exatamente a mesma recebida por todos os artistas que se apresentam no ‘Palco Mundo’ do evento. Esse é o limite definido pela capacidade do local sem que interfira a execução e a segurança do show, já que esta é uma área técnica de operação dos shows”.

Veja também:
Anitta e Ludmilla brigam e rompem 'definitivamente' por composição, diz jornalista
Compartilhar