Após polêmica, Justin Bieber pediu desculpas a Marilyn Manson - Revista Cifras

Após polêmica, Justin Bieber pediu desculpas a Marilyn Manson

Bieber disse que havia tornado Manson relevante de novo (Reprodução)

Bieber disse que havia tornado Manson relevante de novo (Reprodução)

Na última semana,
Veja também:  Justin Bieber aparece nu em fotos segurando violão

Marilyn Manson disse ter respondido “palavras” a Justin Bieber, complementando: “É o que digo a garotas quando elas falam”. Em seguida, Manson afirmou: “(A entrevista) Foi exagerada. Você estava sendo você mesmo. Sem problemas aqui”. O trecho “você estava sendo você mesmo”, segundo Marilyn, pode significar “você está apenas sendo um c*zão ou qualquer coisa”.

Bieber respondeu pedindo desculpas mais uma vez. “Honestamente, pensei que havíamos nos dado bem. De novo, desculpe se fui um c*zão. Não foi minha intenção. Só quero que saiba disso”, afirmou.

Manson, por sua vez, tentou amenizar a situação ao voltar atrás em algumas de suas palavras. “Estamos bem. As pessoas transformaram aquela coisa das camisetas em uma falsa briga. Vamos deixar de lado, f*der a imprensa e fazer algo juntos. Será o melhor. E não peça desculpas, você não foi c*zão. Perguntaram se você foi e eu meio que concordei. Eu não estava te caçando”, disse.

Veja também:  Coleção de fotos recentes faz site sugerir que Belo deixou de ser feio

Por fim, Marilyn Manson prometeu a Justin Bieber que não falaria nada de ruim sobre ele em sua entrevista a Howard Stern. Em resposta, Bieber disse: “Bem, obrigado, LOL”.

Entenda a polêmica

No ano passado, uma curiosa parceria entre Justin Bieber e Marilyn Manson chamou a atenção do público. Em sua turnê “Purpose”, Bieber passou a vender uma camiseta com o rosto de Manson, com os dizeres: “bigger than Satan… Bieber” (“maior que Satã… Bieber”). A peça era vendida a US$ 195.

Em recente entrevista ao Consequence Of Sound, publicada uma semana antes da participação no Howard Stern Show, Marilyn Manson havia dito que a parceria acabou mal. Quando eles se conheceram, segundo Manson, “ele (Bieber) estava usando a camiseta com meu nome e ele me disse: ‘eu te tornei relevante de novo’. Péssimo engano dizer isso para mim”.

Veja também:  Slash diz que Guns N' Roses está queimado

Manson continuou: “No outro dia, falei que estaria na passagem de som dele, no Staples Center para cantar ‘The Beautiful People’. Ele acreditou que eu apareceria, porque ele era estúpido mesmo”.

Depois desse fatídico episódio, Marilyn disse que exigiu seus direitos sobre sua imagem na camiseta. “Fiquei com o lucro dessas camisas. Eles nem contestaram, só disseram: ‘erramos, então toma aqui o dinheiro’. (Justin) foi um m*rda, teve a arrogância de dizer aquilo. Ele era um cara bem pegajoso, dizia ‘yo, bro’ e tocava você quando estava falando. E eu ficava meio: ‘dá um tempo, você bate na minha cintura'”, afirmou.

Por Igor Miranda (@silvercm)

#comentários