Fotos: Divulgação

Após ser ameaçada de boicote, Anitta desabafa sobre posicionamento político

A cantora Anitta se viu em meio à mais uma polêmica nos últimos dias. Após não fazer nenhum tipo de manifestação contra o candidato Jair Bolsonaro, ao contrário de vários outros da classe artística, a funkeira foi cobrada pelos fãs e chegou a sofrer ameaças de boicote.

Por ter como público majoritário a chamada comunidade LGBT, os fãs de Anitta acreditam que ela tinha a obrigação – enquanto porta-voz – de se posicionar contra Bolsonaro. Isso porque, em sua plataforma e discursos, o candidato promete perseguição aos gays.

Tudo ficou ainda pior quando a cantora foi flagrada seguindo um perfil no Instagram que é totalmente dedicado ao apoio à campanha do candidato. Depois das cobranças à funkeira se tornarem um dos assuntos mais comentados da internet, ela não conseguiu manter o silêncio e foi obrigada a se manifestar.

Primeiro, ela publicou vídeos usando a função Stories de sua conta no Instagram. Em seguida, publicou alguns tweets sobre o mesmo assunto. Nas duas plataformas, ela basicamente repetiu as mesmas coisas.

A manifestação não agradou aos fãs, visto que ela apenas afirmou que não pretende se posicionar. Para Anitta, “o voto é secreto” e ela está “exercendo o direito de não opinar sobre política”.

“Eu sou uma cidadã igual a vocês. Eu tenho sim o meu candidato. Mas assim como vocês eu também tenho direito a voto secreto e não quero dar minha posição política”, disse.

Veja também:
Em programa de rádio, Alok passa trotes ao vivo para Anitta e Carlinhos Maia

Confira as manifestações da cantora:

Anitta não se posiciona sobre Bolsonaro, é cobrada por fãs e ameaçada de boicote

#COMENTE

Compartilhar