Avicii anuncia abandono dos palcos e última turnê em 2016

Atualmente esta em 3 lugar no ranking da lista dos Top 100 DJs da revista DJ Mag

Atualmente esta em 3 lugar no ranking da lista dos Top 100 DJs da revista DJ Mag

Um dos DJs /Produtores mais populares da atual cena EDM, o sueco Tim Bergling de 26 anos, conhecido mundialmente pelo seu pseudônimo Avicii. Surpreendeu o mundo ao divulgar através de seu site oficial, uma carta aberta anunciando sua aposentadoria dos palcos .

No documento, o autor de hits como “Wake me up”, “Levels” e “Hey brother” diz que continuará produzindo músicas e dando atenção aos seus fãs, porém esse ano (2016) será o seu último fazendo shows.

Confira a versão traduzida da carta:

“Olá Mundo,

Obrigado por me deixar alcançar muitos dos meus sonhos. Serei eternamente grato por ter vivido e realizado tudo o que eu tenho com a ajuda da minha equipe e dos meus amados fãs. Obrigado a todos os meus colegas do ramo pela construção de um novo movimento que tomou o mundo e que eu tive a sorte de estar no meio dele. Obrigado a todos os meus parceiros ao longo dos anos que acreditaram no que eu criei e que quiseram ampliar o meu trabalho para uma presença verdadeiramente global.

Em primeiro lugar agradeço ao meu irmão e parceiro Ash, tudo isso foi muito louco e só foi possível através de nossos esforços de colaboração, yin e yang, de irmão para irmão, de empresário para artista. Eu sempre vou apreciar esta caminhada com você, não importa onde ela irá nos levar.

Veja também:
Designer faz escudos criativos imaginando se bandas fossem times de futebol

Eu poderia escrever muito mais, mas nossa jornada está longe de acabar. Obrigado a todos da At Night, um agradecimento especial a todos que fizeram parte da equipe desde o primeiro dia, sem a árdua dedicação de vocês, eu não estaria aqui. Obrigado especialmente para Carl Vernersson, Filip Holm, Marcus Lindgren, Victor Lee e Panos Ayassotelis. Obrigado para as equipes de Johnny Tenander, Per Sundin, Max Hole, Neil Jacobson e Joakim Johansson, sem ordem de importância. Sua lealdade e trabalho árduo, nas gravadoras e editoras, permitiram¬me sempre sentir como se tivemos alguém nos apoiando, e que me deu a confiança musical que eu precisava. Obrigado.

Obrigado Robb Harker, Malik Adunni, David Brady, Andrew McKeough, Rob Woo e Felix Alfonzo – vocês me ajudaram com as turnês do modo mais prático possível para um garoto da minha idade, minha estrada poderia ter sido muito mais tenebrosa se não fosse o seu apoio pessoal a um ponto tão crucial. Obrigado Baddredine Semi por todo o apoio, conversas e por me ajudar a amadurecer. Eu tenho um sentimento estranho que eu poderia estar morto se não fosse por você e eu vou sempre te amar e te apoiar. Obrigado a Ciara Davy, Michael “Curly” Jobson e a equipe MJM, Harry Bird e Charlie Alves por fazerem com que eu tivesse anos incríveis durante os melhores tempos de turnês e que fossem duráveis durante os piores. Espero que a gente encontre uma maneira de continuarmos trabalhando juntos. Obrigado a todos os artistas, músicos e compositores que ajudaram no meu desenvolvimento musical e pessoal, a lista é longa, mas não há ninguém com quem eu trabalhei onde eu não tenha aprendido alguma coisa.”

Veja também:
Assassinado, XXXTentacion ganha clipe póstumo onde assiste seu próprio funeral

Por: Jordan Ruan Barcarolo

#comentários