Fotos: Reprodução/Instagram

Fãs de Lady Gaga querem ‘cancelar’ Billie Eilish após postagem falsa

Os fãs da cantora Lady Gaga estão enfurecidos nas redes sociais e decidiram “cancelar” a rapper Billie Eilish – a queridinha das paradas de sucesso em 2019.

Tudo começou quando a jovem de 17 anos teve uma reação inusitada durante uma entrevista ao lado de seu irmão, Finneas O’Connell, para a revista ‘Variety’.

Durante o papo, o famoso e polêmico vestido de carne utilizado por Lady Gaga no MTV Video Music Awards 2010 foi citado. A rapper, que é vegana, respondeu: “eca”. Só isso.

A reação, no entanto, foi suficiente para indignar os chamados ‘Little Monsters’, que querem boicotar a carreira de Billie Eilish por esse motivo.

Veja também:
Fãs se preocupam com mensagens entre Drake e Billie Eilish, que tem só 17 anos

Assista ao momento da entrevista:

Nas redes sociais, o assunto vem repercutindo bastante. Enquanto alguns pedem pela cabeça de Billie Eilish, outros a defendem. Eles acreditam que a reação é natural, principalmente considerando que ela adota uma dieta alimentar vegana como estilo de vida.

Como já é comum nos territórios da internet, o fato tão pequeno começou a tomar proporções gigantescas. Foi o caso, por exemplo, de um suposto tuíte antigo que foi atribuído à Billie Eilish que começou a viralizar nas redes sociais.

A história tem detalhes bizarros e chega a ser difícil de explicar, mas é importante salientar que já está mais do que comprovado que a mensagem foi falsificada de modo a tentar atiçar mais fogo na história.

Veja também:
Billie Eilish lança 'Everything I Wanted', música em homenagem ao irmão

O post falso

Em uma montagem, é possível ver o perfil de Billie Eilish escrevendo algo como “Vou te bater com meu cabelo falso feito um traveco, tchau”. A data da postagem seria 25 de julho de 2009. Por algum motivo, quem está reproduzindo o tuíte acredita que a mensagem tenha a ver com Lady Gaga e seu vestido de carne.

O fato é que:

  1. Billie Eilish tinha 7 anos de idade em 25 de julho de 2009, além de ter criado sua conta no Twitter apenas em 2013;
  2. Lady Gaga utilizou o vestido de carne em 2010;
  3. A mensagem original foi escrita pela cantora Ke$ha e não tem nada a ver com Lady Gaga, o falsário apenas sobrepôs com o nome de Billie;
  4. Em 2017, inclusive, o tuíte já havia sido resgatado por fãs que, na época, tentaram “cancelar” Ke$ha por ele;
  5. A palavra “traveco”, que está sendo vista pelo público como um sinal de LGBTfobia, na verdade, refere-se ao apelido dado por Ke$ha ao carro dela na época.

Confira o polêmico tuíte falsificado:

Confira também o tuíte original:

Compartilhar