Foto: divulgação Bono U2

Bono, do U2, tem encontro com Papa e debate abusos sexuais na igreja

Bono, vocalista da banda U2, se encontrou com Papa Francisco, na tarde de quarta-feira (19), no Vaticano, para discutir uma série de assuntos. A conversa envolveu desenvolvimento sustentável, problemas do capitalismo e acusações de abuso sexual na Igreja Católica.

Em entrevista posterior ao encontro, Bono disse que o papa está “horrorizado” com os casos de abuso no clero.

O cantor contou que os dois haviam se encontrado anteriormente, na Irlanda, para falar sobre os “sentimentos do pontífice a respeito do que aconteceu na igreja”. A reputação do catolicismo tem sido manchada por casos de padres pedófilos e por um encobrimento de casos de abusos sexuais.

O roqueiro disse, ainda, que eles tentaram entender por que alguns abusadores estão mais protegidos do que as vítimas. “Você pode ver a dor em seu rosto e eu senti que ele estava sincero”, disse Bono.

Bono, do U2, pede desculpas por acusações de assédio na ONG dele

Compartilhar