Brasileira alega ter sido agredida por Chris Brown em Las Vegas

Imagem do olho de Liziane, após suposta agressão (TMZ/Reprodução)

Imagem do olho de Liziane, após suposta agressão (TMZ/Reprodução)

A modelo brasileira Liziane Gutierrez afirma ter sido agredida por Chris Brown durante uma festa promovida pelo cantor, em Las Vegas, no último sábado (2). Jennifer Pamplona, conhecida como a “Susi Humana”, também alega ter sido atacada durante o evento, mas por um segurança.

De acordo com o site TMZ, as agressões aconteceram porque Liziane Gutierrez estava tirando fotos com o seu celular durante a festa. Ainda segundo as informações divulgadas, convidados das festas privadas de Chris Brown precisam entregar os aparelhos móveis aos seguranças. O intuito é restringir qualquer tipo de vazamento.

Segundo o site TMZ, Liziane Gutierrez procurou a polícia de Los Angeles após o ocorrido e alegou que Chris Brown a socou no olho direito. Em entrevista ao site Ego, Jennifer Pamplona falou sobre o caso. “Ele obriga todo mundo a ir à festa dele sem telefone e depois rouba de todo mundo. Com brasileira não funciona assim não. O segurança dele deu um soco na minha cara, meu nariz está inchado. Vamos na polícia agora. Ele é um vagabundo mesmo, um marginal”

Por meio de sua assessoria de imprensa, Liziane Gutierrez afirmou que o caso está “nas mãos das autoridades locais, que são competentes e eficientes”.

Resposta

Chris Brown resolveu não deixar barato. Em resposta à polêmica, o cantor deu sua versão nas mídias sociais. Ele fez duas publicações, chamando Liziane Gutierrez de “feia e velha para seus padrões” e afirmando que ela jamais entraria em seu quarto.

Veja também:
Lennon ou McCartney? Estatísticos descobrem quem compôs 'In My Life', dos Beatles

Os dois posts anteriores foram apagados e deram lugar a um terceiro, menos ofensivo, mas que ainda tratava sobre o assunto. “Mantendo meu círculo de amizade menor em 2016. E eu ficarei muito rico depois que eu arquivar todas as ações judiciais dessas pessoas loucas que continuam mentindo em meu nome. Feliz ano novo. É hora de alguns de nós crescer”, disse Brown, pelo Instagram.

Veja:

Antecedente

Não é a primeira vez que Chris Brown está relacionado a um caso de violência contra mulher. Em 2009, ele se declarou culpado por ter agredido Rihanna, que era sua ex-namorada até então. Ele foi condenado a cinco anos em liberdade condicional e seis meses de serviço comunitário.

Por Igor Miranda