Foto: Reprodução/Instagram

Bruno e Marrone almoçam com Bolsonaro e viram embaixadores; fãs se dividem

O cantor Marrone, da dupla Bruno e Marrone, usou o Instagram na terça-feira (20) para compartilhar uma foto do almoço dos sertanejos com o presidente da República, Jair Bolsonaro. O encontro oficializou o título de embaixadores do turismo brasileiro aos músicos e rendeu discussão entre os seguidores.

Ao publicar o registro da reunião, Marrone escreveu: “Hoje o almoço foi por conta do nosso presidente”. Veja:

A foto e a legenda renderam críticas a Bruno e Marrone. “Então foi por nossa conta”, escreveu um fã.

Alguns fizeram comentários à associação dos sertanejos com o governo federal. “Por essa não esperava. sempre fui fã, amo de paixão e os caras fazem essa m*. Vergonha de vocês”, disse outra. “É, as rosas realmente choram 💔 #elenao #salveoplaneta #amazonia”, criticou mais uma.

Outros, no entanto, defenderam a atitude dos cantores. “Os esquerdistas piram! Três Mitos”, argumentou um. “O talento aí é grande, não precisa de Lei Rouanet”, observou outro. “Já sou fã e agora subiu mais no meu conceito”, apoiou mais um.

Veja também:
Criolo dança enquanto público grita contra Bolsonaro em show e vídeo viraliza

Por sua vez, Bruno também postou foto com o presidente e comemorou: “Hoje somos embaixadores do Turismo Brasileiro sem remuneração, mas a gratificação de estarmos fazendo algo pelo Brasil vale muito! Obrigado pelo convite”. Ele fechou os comentários do post.

Bruno e Marrone: embaixadores do turismo

Em nota à imprensa, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) informou, na terça-feira (20), que os cantores assinaram o diploma do cargo, “topando a missão voluntária de divulgar as belezas e a cultura brasileira em suas mídias sociais”.

“Mostrando, mais uma vez, o amor pelo Brasil, pela música e pelo povo brasileiro, de forma totalmente colaborativa, essa dupla, que encanta o nosso país há muito, é a mais nova representação da promoção e divulgação do turismo no mundo. Tenho certeza que a nossa cultura será ainda mais difundida e mais turistas se interessarão pelo Brasil”, disse o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto.

A nota ainda explica que “os cantores agradeceram e reafirmaram o compromisso de apoiar com a divulgação das ações do governo para o setor turístico brasileiro”.

A instituição ainda esclareceu que o trabalho como embaixador do turismo é totalmente voluntário e que os cantores recebem apenas “materiais de promoção internacional do turismo brasileiro, a fim de influenciar os turistas internacionais a visitarem o Brasil”.

Os próximos cinco shows da dupla para o mês de agosto serão em Minas Gerais e São Paulo.

Compartilhar