Foto: divulgação

Chris Brown é preso na França por suspeita de estupro

O cantor Chris Brown foi preso em Paris, na manhã de segunda-feira (21), com outros dois homens – um amigo do cantor e seu segurança -, por suspeita de estupro.

As prisões foram reveladas pela revista Closer, que ouviu uma fonte da polícia francesa nesta terça-feira (22). O artista foi colocado sob custódia para a investigação do caso.

Segundo as autoridades, Chris Brown e os outros dois homens foram detidos após uma mulher de 24 anos alegar ter sido estuprada na suíte de hotel do cantor, no Mandarin Oriental, na noite de 15 para 16 de janeiro. Eles teriam se conhecido em uma boate, perto da Champs-Elysees, naquela data.

De acordo com o primeiro depoimento, a vítima foi convidada para o quarto, por Chris Brown, junto de outras mulheres. Então, ela se encontrou em um quarto sozinha com ele, onde teria sido estuprada.

Até o momento, não há comunicado oficial por parte da assessoria de Chris Brown a respeito do ocorrido.

Brown é notável não só por sua carreira na música, como também por sua condenação no caso de violência doméstica contra sua ex-namorada, a também cantora Rihanna. Ele também se envolveu em diversos incidentes polêmicos nos últimos tempos, como uma ação judicial por ter supostamente facilitado abuso sexual em sua residência, prisões por agredir um fotógrafo em uma boate e ameaçar uma mulher com arma de fogo, bem como e menção em uma investigação por tráfico de drogas.

Chris Brown descreve como foi a noite em que agrediu Rihanna

Compartilhar