Fotos: Reprodução

Colegas de faculdade de Lady Gaga tinham grupo secreto para falar mal dela

“Stefani Germanotta, você nunca será famosa”: o título do grupo no Facebook já era bastante direto e não poderia ser mais errado! Stefani Germanotta, para quem não sabe, veio a se tornar ninguém menos do que Lady Gaga.

O grupo citado foi criado na rede social por alguns colegas de faculdade da cantora, que não gostavam dela. Eles utilizavam a plataforma, que era configurada como secreta, para tirar sarro das tentativas de Stefani em seguir sua carreira musical.

O grupo veio à tona em 2016, quando Lauren Bohn – uma estudante da Universidade de Nova York – se lembrou que tinha se deparado com ele em um longínquo passado. Ela era caloura e Gaga ainda não era famosa.

Ela fez uma postagem contando sobre o grupo e ressaltando que eles estavam bastante errados. O assunto foi relembrado agora, graças às recentes conquistas da cantora, que se tornou recordista em premiações no começo de 2019.

“Quando eu era caloura na UNY e o Facebook tinha apenas um ano e as pessoas criavam/se juntavam a grupos como ‘Eu tenho covinhas, me come’ e ‘Identidade Falsa, por favor!’, lembro de ter encontrado um grupo do Facebook que quebrou meu coração. Seu nome: ‘Stefani Germanotta, você nunca será famosa'”, contou Lauren.

Os relatos de Lauren explicam que o conteúdo do grupo eram muitos comentários horríveis sobre Stefani, que era considerada como “carente de atenção”. Uma das pessoas perguntou no grupo: “Quem ela pensa que é?”.

Veja também:
Iza já foi convidada para competir no The Voice antes de estourar no Brasil

Lauren relembra de uma publicação onde um jovem postou uma foto de um panfleto para uma das próximas apresentações que Gaga faria em um bar, onde claramente dava para ver as marcas do solado do rapaz por ele ter pisado sobre o papel.

“Eu não conseguia me livrar da sensação de sujeira enquanto rolava aquela página no Facebook, mas eu praticamente – e rapidamente – esqueci sobre aquele grupo e aquela garota com os intensos olhos negros”, escreveu Lauren na publicação.

Ainda de acordo com seus relatos, cerca de cinco anos depois, é que ela foi se lembrar de tudo isso e associar que a jovem de quem as pessoas estavam fazendo chacota em um grupo secreto em uma rede social, havia se transformado em uma estrela da música e do cinema internacional.

“Vergonha que eu nunca escrevi sobre aquele grupo, vergonha de nunca ter defendido a garota com os olhos intensos de corvo – a garota cujos panfletos foram pisoteados, provavelmente em algum lugar perto do meu dormitório”, escreveu a jovem.

Lady Gaga é a 1ª artista a vencer 5 premiações na mesma temporada

Compartilhar