Foto: Divulgação

Com 10 acusações de abuso, R. Kelly declara inocência, paga fiança e sai da cadeia

O rapper R. Kelly saiu da cadeia nesta segunda-feira (25), após declarar inocência de dez acusações de abuso sexual e pagar fiança. Ele havia se entregado à Polícia de Chicago na noite da última sexta-feira (22) e passou três dias preso.

Enquanto esteve detido, seus associados e familiares trabalharam para arrecadar os 100 mil dólares (cerca de R$ 372 mil) que garantiriam sua liberdade. A fiança definida pelo juiz era de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,72 milhões) e, deste montante, ele devia pagar 10% para ser libertado.

Com o típico macacão alaranjado das prisões dos Estados Unidos, Robert Sylvester Kelly, aos 52 anos, se apresentou algemado ao tribunal para se declarar inocente de todas as acusações. Ao sair da prisão, ele optou por não conversar com jornalistas. Sua próxima audiência será em 22 de março.

Contra ele, pesam dez acusações de agressão sexual a quatro pessoas, três delas menores de idade. O advogado do músico, Steve Greenberg, disse que R. Kelly “não fez nada de errado” e “que seu cliente deu entrada na enfermaria da prisão para sua própria segurança”.

Cantora Faith Rodgers diz que foi ameaçada por R. Kelly após acusá-lo de abuso

Compartilhar