Corey Taylor responde à especulação de que o Slipknot vai acabar

Vocalista diz que, se Clown quiser parar, ele também para (Reprodução/Pinterest)

Vocalista diz que, se Clown quiser parar, ele também para (Reprodução/Pinterest)

O vocalista Corey Taylor falou sobre os recentes comentários, feitos por Shawn “Clown” Crahan, de que o próximo álbum do Slipknot poderia ser o último da banda. Em entrevista ao vlog Musik Universe, Taylor disse que todos, em algum momento, fazem declarações com o mesmo teor daquela feita por Clown.

“Todos meio que falamos isso. Eu já disse isso no passado. De uma forma não negativa, sempre falamos que quando, fisicamente, não pudermos fazer o Slipknot como queremos, vamos parar. E para alguns de nós, os anos no Slipknot já foram cobrados. Manhãs frias acabam comigo. Meu pescoço, meus joelhos… Sid (Wilson, DJ) já quebrou todos os ossos do corpo”, afirmou Taylor.

O vocalista comentou, ainda, que Clown também tem seus problemas de saúde – e que não daria sequência à banda sem ele. “Todos nos machucamos. E, honestamente, se for a decisão dele, eu não seguiria o Slipnkot sem ele. Tem sido duro continuar da forma que seguimos”, disse.

Segundo Taylor, Clown foi o responsável por criar o “estaod mental” do Slipknot. “Há certa mentalidade que acompanha o Slipknot e ele começou isso. Ele sempre foi a visão da banda e, sem ele, isso acaba. Se ele sair, também paro”, disse.

Por Igor Miranda (@silvercm)

Veja também:
'Michael Jackson urinava no chão e arremessava fezes de animais', dizem ex-empregadas

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar