Foto: Reprodução/GNT Daniel Rocha

Daniel Rocha foi parar no hospital após depilação íntima; veja o vídeo

Daniel Rocha, famoso ator, chamou atenção ao compartilhar uma experiência pessoal que mistura constrangimento e urgência médica, levando-o a uma situação inusitada e, de certa forma, alarmante.

O episódio, detalhado pelo ator durante o programa ‘Que História É Essa Porchat?’, ocorreu logo após o fim de um relacionamento, quando ele se preparava para um novo encontro.

Na tentativa de se arrumar para a ocasião, Daniel encontrou-se em uma corrida contra o tempo.

“Fui procurar minha maquininha de fazer barba, porque quando eu me vi pelado, não ia ser muito interessante essa situação. E eu não achava minha máquina de barbear“, explica ele, delineando o início de uma série de eventos infortúnios.

Sem encontrar seu próprio equipamento, o ator optou por emprestar uma máquina de barbear do vizinho, decisão que logo se provaria problemática.

A depilação, iniciada sem maiores contratempos, tomou um rumo dramático ao chegar às partes íntimas.

“Comecei pela parte superior, fino. Lindo, tudo certo. Só que aí eu olhei pro saco, e aqueles pelos… Falei: ‘Tá, vou ter que ir nele também, porque não estava muito interessante'”.

“E foi nesse momento que a lâmina na pele meio mole, meio solta, navalhou“, contou Daniel, entre risos que mascaram a gravidade do que estava por vir.

Veja também:
Ex de Luciano Camargo é processada por Zezé e Wanessa

O que era para ser uma noite agradável transformou-se em um pesadelo quando Daniel percebeu, durante o jantar, que sua calça estava encharcada de sangue.

“Quando eu tirei a calça e olhei a situação, a cueca branca estava vermelha, empapada, pingando de sangue. Eu tenho problema com sangue e comecei a quase desmaiar no banheiro. Fiquei mole, pegando nos lugares”, relata o ator, detalhando o momento de terror que o fez ligar para o amigo que lhe emprestou a máquina.

Aconselhado a procurar atendimento médico imediato, Daniel deixou o restaurante, após inventar uma desculpa para sua acompanhante, e seguiu para o hospital, onde foi recebido com uma mistura de preocupação e constrangimento.

“Cheguei lá constrangido, supertímido. Eu expliquei tudo o que aconteceu. A médica disse: ‘Tá bom, entendi a situação, mas eu preciso olhar’. Aí eu falei: ‘Mas está frio’. E ela: ‘Não vai precisar tomar pontos. Você sangrou tanto assim, porque é uma região muito irrigada‘”, contou o ator.

Daniel Rocha - ator

Foto: Reprodução/GNT/Redes Sociais

Confira Daniel Rocha contando a história hilária no vídeo:

Entendendo o ‘manscaping’

Daniel Rocha compartilhou com o público e com o apresentador Fábio Porchat um momento delicado que viveu ao realizar uma depilação íntima, prática conhecida como “manscaping”, que o levou a quase desmaiar ao avistar sangue.

O termo “manscaping”, que se refere à depilação ou ao cuidado com os pelos do corpo masculino, especialmente na região genital, tem ganhado destaque nos últimos anos.

Veja também:
Jogador que já 'pegou' Pabllo Vittar também já namorou outras famosas

Diferente de outras práticas estéticas, o “manscaping” incorpora uma dimensão de higiene e autocuidado masculino, outrora relegada.

Segundo o Dr. Bruno Benigno, especialista em Urologia e Oncologia, o aumento dessa tendência reflete uma mudança cultural significativa, marcada pela valorização da estética e do bem-estar pessoal nos homens.

No entanto, a experiência compartilhada por Rocha destaca a importância de tomar precauções durante esses procedimentos.

A região escrotal, conhecida por sua sensibilidade, pode ser facilmente lesionada por métodos abrasivos, como lâminas de barbear e depiladores elétricos.

Dr. Benigno ressaltou, em entrevista à ‘Revista Quem’, a necessidade de cuidados específicos após tais acidentes, incluindo compressão do local e limpeza adequada, para evitar complicações maiores.

Apesar de muitos considerarem o “manscaping” como uma melhoria na higiene pessoal, Dr. Benigno adverte sobre os riscos potenciais de tais práticas.

Os pelos genitais desempenham funções vitais, incluindo a proteção contra infecções e a regulação da temperatura, essenciais para a saúde testicular.

Acidentes durante a depilação não afetam diretamente a produção de testosterona ou espermatozoides, mas podem predispor a região a infecções por fungos ou bactérias, especialmente sob condições de alta umidade, uso de roupas sintéticas e durante a prática de exercícios.

O especialista enfatiza a importância das consultas regulares com um urologista, não só para a manutenção da estética, mas também para assegurar a saúde urogenital.

A experiência narrada por Daniel Rocha serve como um lembrete dos cuidados necessários ao adotar práticas de “manscaping”, equilibrando a busca pela estética com a preservação da saúde e do bem-estar.