Ed Sheeran é acusado de plágio em “Thinking Out Loud”

'Thinking Out Loud' é a 2ª música de Sheeran que está na justiça (Divulgação)

‘Thinking Out Loud’ é a 2ª música de Sheeran que está na justiça (Divulgação)

Ed Sheeran voltou a ser acusado de plágio. Desta vez, a música alvo da alegação é o seu maior hit, “Thinking Out Loud”.

A acusação foi feita pela família de Ed Townsend, co-autor da música “Let´s Get It On”, de Marvin Gaye, lançada em 1973. A ação foi registrada na corte federal do Distrito do Sul de Nova York. O valor pedido por indenização não foi divulgado.

De acordo com a família de Ed Townsend, “Thinking Out Loud” tem muitas semelhanças com “Let´s Get It On” no que diz respeito a progressões harmônicas, melódicas e rítmicas. “Copiaram o coração de Let´s Get It On de forma repetida e contínua por Thinking Out Loud”, afirma a defesa de Townsend.

Compare:

Não é a primeira vez que Ed Sheeran é acusado de plágio. Recentemente, ele foi notificado por Martin Harrington e Thomas Leonard, que pedem US$ 20 milhões pelos direitos autorais da música “Photograph”. Harrington e Leonard afirmam que Sheeran copiou a música “Amazing”, lançada por Matt Cardle e composta por eles.

Também não é a primeira vez que uma música de Marvin Gaye, falecido em 1984, está envolvida em uma ação de direitos autorais. No início do ano passado, Robin Thicke e Pharrell Williams foram condenados a pagar US$ 7,5 milhões por plágio. A justiça decidiu que eles se “inspiraram excessivamente” na música “Got To Give It Up”, de Gaye, enquanto compunham “Blurred Lines”. O processo foi movido pela família do cantor americano.

Veja também:
'Não tenho a melhor voz do mundo', diz Anitta no 'The Voice Brasil'

Por Igor Miranda

Compartilhar