Foto: Reprodução/Instagram

Eduardo Costa falta em gravação de DVD de amigo, que reage: ‘falta de respeito’

Presença confirmada na gravação de DVD do cantor Reinaldo, ex-vocalista do Terra Samba, Eduardo Costa não apareceu e mandou apenas o segurança. A informação foi publicada pelo colunista Leo Dias, do UOL, que contou os dois lados dessa história.

O show de gravação do ‘Buteco Elétrico do Reinaldinho‘ estava marcado para a última terça-feira (3), em Belo Horizonte (MG). Costa participou da divulgação e gravou vídeos dizendo que estaria na apresentação, mas não compareceu ao evento em si.

Além de Eduardo Costa, Compadre Washington (É o Tchan!) e Salgadinho (ex-Katinguelê) participaram da apresentação, que não rendeu cachê e foi acordada por termos de amizade mesmo.

Para Reinaldo, a atitude dele tem nome. “Falta de respeito. Essa frase define tudo”, declarou ele ao blog do Leo Dias.

Veja também:
Eduardo Costa vê homem agredindo mulher e o expulsa de seu show

Segundo a assessoria, a falta de Eduardo Costa ocorreu bem em cima da hora, já que ficou avisado até o último minuto que ele chegaria ao local, mas isso não aconteceu – embora ele estivesse em Minas Gerais.

“O segurança dele chegou sozinho ao local. Já achamos estranho, mas ele disse que o Eduardo já estava vindo”, informou. “Ele não chegou, não deu notícias, não falou nada. Tem até vídeos do Eduardo Costa falando que participaria, mas ele não deu nenhuma satisfação até agora”, completou.

Assessoria de Eduardo Costa responde

Em nota, a assessoria de Eduardo Costa se manifestou e responsabilizou uma gravação com o ‘Programa do Rodrigo Faro’, da ‘Record TV’, pela ausência dele no show especial.

“O Eduardo não conseguir participar por conta de uma gravação do Faro em Abre Campo [Minas Gerais]. Inclusive, ele já se colocou à disposição para gravar em estúdio ou até mesmo participar de um clipe”, justificoU.

Amigo de Eduardo Costa, o ex-vocalista do Terra Samba não pareceu aceitar as explicações e se manifestou novamente pela assessoria.

“A gravação aconteceu durante o dia. O evento começou meia-noite. Ele cantaria 2h da manhã”, argumentou. “Enfim, não nos deu nenhuma satisfação. Esta gravação do DVD já estava programada e agendada faz tempo. O Faro veio bem depois e poderia ter sido gravado em qualquer data. Nem para pegar o telefone e pedir desculpas ao Reinaldo ele fez, total falta de respeito.”

Veja também:
Eduardo Costa diz que levou prejuízo milionário por apoiar Bolsonaro