Foto: Divulgação/Wictor Cardoso Elisa Marques

Sabia que ler poesia alivia sintomas de estresse e depressão?

Um estudo publicado pela Academia Americana de Pediatria constatou que pacientes hospitalizados que tiveram contato com poemas experimentaram alívio nos sintomas de estresse e depressão.

Conforme os dados observados na pesquisa, o ato de ler, ouvir ou escrever poesia trouxe uma série de outros benefícios para a saúde mental, como redução de medo, tristeza, raiva, preocupação e fadiga.

No livro Minha mão na sua boca e um verso sobre o amor, a jornalista e escritora Elisa Marques reúne 78 poemas autorais em que comprova essa importância da arte poética no processo de autorreflexão e cura interna.

Entre os prazeres, incômodos e aprendizados de vivenciar o amor, a autora externaliza as complexidades dos próprios sentimentos para gerar identificação com aqueles que experienciam as agruras das emoções no mundo contemporâneo.

Novo livro de Elisa Marques

A escritora Elisa Marques acaba de lançar seu novo livro, ‘Minha mão na sua boca e um verso sobre o amor‘, uma coletânea de 78 poemas que exploram as diversas facetas dos relacionamentos contemporâneos.

O livro é dividido em capítulos que refletem as diferentes etapas de um relacionamento, desde os começos intensos e apaixonados, como em “meu estilo literário é você”, até as frustrações e decepções amorosas, representadas em “eu ainda não te escrevi coisas ruins”.

“A espera por uma mensagem no celular, a leitura do mapa astral de uma futura parceira e os conceitos imprecisos da palavra ‘ficante’ são experiências comuns às novas gerações”, destaca a autora.

Veja também:
Morte de Kurt Cobain é cercada de polêmicas e teorias da conspiração

Essas vivências foram transformadas em poesia, capturando a essência dos romances modernos.

Marques utiliza uma mistura de ficção e autobiografia para navegar por experiências amorosas que começam com a inocência da paixão e evoluem para um amadurecimento pessoal.

Cada poema serve como um reflexo das emoções e desafios que acompanham os relacionamentos na era digital.

O lançamento de ‘Minha mão na sua boca e um verso sobre o amor‘ promete ressoar com leitores que encontram nas suas páginas um espelho para suas próprias experiências e sentimentos amorosos.

Com uma escrita sensível e acessível, Elisa Marques convida o leitor a se aprofundar em sua própria jornada emocional.

Confira um dos poemas do livro de Elisa Marques:

fui para minas
e amei a menina do doce de leite
fui para o rio
e amei a menina da praia do arpoador
fui para o maranhão
e amei a menina do guaraná jesus
fui para a bahia
e amei a menina
da chapada diamantina
eu ainda vou para tocantins
só para aprender a amar você
(Minha mão na sua boca e um verso sobre o amor, p. 32)

Com declarações apaixonadas e desabafos às mulheres, a autora apresenta uma miscelânea de referências. Inspira-se na música ‘Mania de Você’, de Rita Lee, ao passo que traz conteúdo da cultura clássica quando cita a eterna discussão acerca das sensações evocadas pelas composições de Beethoven.

Veja também:
Amante de Yuri Lima vê 'lado positivo' em ter acabado com relacionamento de Iza

Também dedica um texto a uma relação simbólica no universo literário: a da poetisa Emily Dickinson com a cunhada Susan Gilbert, que até hoje gera dúvidas sobre se elas eram somente grandes amigas ou parceiras românticas.

Uma ode ao amor sáfico, o lançamento de Elisa Marques traduz as emoções sentidas por todos aqueles que se permitem viver a completa intensidade – boa e ruim – das relações.

livro - minha mão na sua boca e um verso sobre o amor - Elisa Marques

Foto: Divulgação

Elisa Marques é goiana, nascida em 1994, e cresceu em Goiânia (GO). Estudou jornalismo e psicologia nos Estados Unidos e atualmente divide seu tempo entre literatura e cinema, sendo também roteirista e diretora.

Elisa desenvolveu o gosto pela leitura e pela escrita inspirada pelas obras de seu falecido avô, a primeira referência que teve de escritor.

Até minha terapeuta sente falta de você é o primeiro livro da autora, que traz sentimentos profundos sobre fins de relacionamentos, e foi contemplado pela Lei Paulo Gustavo da Secretaria de Estado de Cultura de Goiás como ‘Melhor Obra Cultural’, no ano de 2023.

Agora, lança a publicação poética ‘Minha mão na sua boca e um verso sobre o amor‘, que ganhará uma adaptação para o audiovisual no segundo semestre de 2024.

Maiara se emociona e revela preparativos do casamento de Maraisa