Foto: Fernando Schlaepfer / divulgação

Emicida, Pabllo Vittar e Majur fazem sampler de Belchior em ‘AmarElo’; ouça

O rapper Emicida lançou, nesta terça-feira (25), uma nova música intitulada ‘AmarElo’, em parceria com Pabllo Vittar e Majur, já com um clipe gravado no Morro do Alemão. A faixa pertence ao novo disco do rapper, que levará o mesmo nome, e que deve ser lançado ainda neste ano.

A união de Emicida com a drag queen Pabllo Vittar e a cantora não-binária Majur confirma a intenção do rapper de trazer lutas diversas para a sua poesia. Segundo ele, a ideia é que as pessoas observem ao redor e se enxerguem maiores do que os seus problemas, independente de quais sejam.

Para Pabllo Vittar, a música é cheia de mensagens importantes, atuais e que mostram a diversidade. Já para Majur, ‘AmarElo’ traz um retrato de um Brasil de multiplicidade.

Em ‘AmarElo’, Emicida, Pabllo Vittar e Majur misturam os versos de ‘Sujeito de Sorte’, música de Belchior de 1976, com o poema “Permita Que Eu Fale”, do próprio Emicida. Os três cantam os versos de 1976 “ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro” junto com os de 2019 “permita que eu fale, não as minhas cicatrizes”.

Na premiação MTV MIAW deste ano, que acontece no dia 4 de julho, Emicida, Pabllo e Majur vão apresentar ‘AmarElo’ ao vivo. O trio se junta a Halsey, Anitta, Ludmilla, Anavitória, Vitor Kley, Heavy Baile, Kevin O Chris, Pocah e MC Rebecca, que também farão shows no evento.

Veja também:
Anitta se ofende com anúncio da Serasa que faz piada sobre ela e Pabllo Vittar

Assista ao clipe de ‘AmarElo’: