Ex-empresário acredita em reunião do Guns N’ Roses clássico em até dois anos

Momento como a imagem desta montagem pode acontecer, diz empresário (Reprodução)

Momento como a imagem desta montagem pode acontecer, diz empresário (Reprodução)

A reunião do Guns N Roses, uma das mais aguardadas no mundo da música nos últimos anos, pode estar, enfim, prestes a acontecer.

Ao menos é a aposta de Craig Duswalt, ex-empresário da banda, que trabalhou na turnê de divulgação do álbum “Use Your Illusion”, entre os anos de 1991 a 1993. O manager revelou o pensamento em entrevista à ABC News Radio.

“Todos que estávamos envolvidos com a banda no passado temos a sensação de que vai acontecer. Creio que nos próximos dois anos. Existe uma possibilidade por causa de Duff McKagan, que voltou a tocar com Axl Rose”, disse.

Além de McKagan, Izzy Stradlin também tem feito algumas participações durante os shows do Guns N Roses. Mas a relação mais estremecida é entre Axl Rose e Slash. “Cinco anos atrás, Slash foi à casa de Axl, mas Axl não quis vê-lo. A coisa ficou feia de novo. Eles se odeiam agora. Axl é muito sincero. Mas Duff está preparando oc aminho de novo”, afirmou.

As razões da briga entre Axl Rose e Slash descambaram para o pessoal depois de algum tempo, mas começaram por diferenças artísticas. “Os problemas começaram mesmo no final da turnê Use Your Illusion. Existiam divergências musicais. Slash queria algo mais hard rock e Axl desejava um som mais leve, baladas. Houve isso, mas também aconteceu um fato específico para que eles rompessem”, concluiu, em tom de mistério.

Veja também:
Lennon ou McCartney? Estatísticos descobrem quem compôs 'In My Life', dos Beatles

Por Igor Miranda

#comentários