Foto: reprodução / YouTube

Fãs criam campanha para que Madonna não se apresente em festival em Israel

A cantora Madonna é uma das atrações principais do dia 18 de maio no festival Eurovision deste ano, que vai acontecer em Israel, na Expo Tel Aviv. O evento acontece em um país a cada ano e será realizado entre os dias 14 e 18 de maio. Madonna está agendada para apresentar duas músicas no intervalo do evento.

Quem não está nenhum pouco feliz com essa notícia, no entanto, são os próprios fãs da cantora. Eles criaram uma campanha que pede boicote ao festival, por ter escolhido Israel como palco. Eles pedem que Madonna cancele sua apresentação.

Em 2018, o Eurovision aconteceu em Portugal e teve a cantora israelense Netta Barzilai como vencedora – esse foi o motivo da escolha do país para este ano. Artistas israelenses já venceram o concurso quatro vezes e o país já sediou o Eurovision outras duas vezes, em 1979 e 1999.

A #BoycottEurovision2019 está entre os assuntos mais comentados das redes sociais e afirmam que Madonna está sendo incoerente ao aceitar participar. Isso por que ela pediu “paz” após bombardeios israelenses terem atingido crianças palestinas em 2014.

Confira algumas reações dos usuários do Twitter:

“Querida Madonna, não ignore os crimes israelenses e fique junto com Israel em sua reabilitação por crimes de guerra contra os palestinos! Por favor, cancele a sua performance no Eurovision”.

“Querida Madonna, por favor não se apresente no apartheid de Israel. Você disse em 2014 “as crianças de Gaza precisam do nosso apoio” e elas precisam do nosso apoio hoje”.

“Madonna não deixe a sua música encobrir a injustiça. Cancele o seu show no Eurovision em Tel Aviv. Fique do lado correto da história para criar um mundo melhor para todos”.

Veja também:
Luan Santana revela quanto foi seu primeiro cachê e o que comprou
Compartilhar