Funcionária de hotel confirma que Usher saiu com mulher que o acusa de omitir DST

Relação teria ocorrido em hotel de Atlantic City, em 2014 (Reprodução/Instagram)

Relação teria ocorrido em hotel de Atlantic City, em 2014 (Reprodução/Instagram)

Uma funcionária de uma unidade do hotel Days Inn, em Atlantic City, nos Estados Unidos, afirmou que Usher teve, sim, um encontro com a mulher que o acusa de não ter mencionado que tinha uma DST – herpes – antes de ter relação sexual com ele. A informação foi divulgada pelo site TMZ.

Uma fonte do site disse que a colaboradora do hotel, que não foi identificada, garantiu que Usher chegou ao hotel em questão próximo à meia-noite do dia 16 de novembro de 2014. A mulher que move o processo, chamada Quantasia Sharpton, teria chegado logo em seguida e levado o cantor ao seu quarto após cumprimentá-lo.

Foi, justamente, neste hotel que Quantasia Sharpton afirma ter feito sexo com Usher. E não é só ela que tem acusado Usher de omitir que tem herpes. Um homem e outra mulher, que pediram sigilo de identidade para a Justiça americano, também moveram uma ação contra o cantor, embora as supostas relações tenham ocorrido em datas diferentes.

Quantasia Sharpton confirmou que comparecerá ao julgamento de Usher, ainda sem data para ocorrer. Os outros dois permanecerão anônimos e participarão do julgamento com nomes falsos, como Jane Doe e John Doe.

Até o momento, Usher ainda não se pronunciou sobre o assunto. Entretanto, fontes ligadas ao TMZ afirmam que o cantor nega envolvimento com essas pessoas. Com relação a Quantasia Sharpton, o artista teria dito que nunca se relacionou com ela porque “não faz o tipo” dele.

Veja também:
Anitta quebra o silêncio sobre vídeo dançando música gospel infantil: 'nunca faria'

Por Igor Miranda (@silvercm)

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar