Garoto deficiente realiza sonho de tocar guitarra com prótese 3D

Equipamento feito por impressora 3D custou somente US$ 50 (Reprodução/YouTube)

Equipamento feito por impressora 3D custou somente US$ 50 (Reprodução/YouTube)

A tecnologia nem sempre é utilizada para o bem. No entanto, quando direcionada para atitudes positivas, pode gerar momentos emocionantes.

É o caso do jovem colombiano Diego Corredor. O garoto nasceu sem a mão direita. Ele, que é fã de rock, sempre sonhou em tocar guitarra, mas jamais havia passado próximo de realizar esse desejo. No entanto, com uma prótese feita em uma impressora 3D, específica para a precisão que a música requer, Corredor conseguiu fazer o que sempre quis.

Diego Corredor tem outras próteses, mas nenhuma delas oferecia a capacidade de segurar uma palheta. O braço impresso em 3D, que contém a logo da banda Linkin Park, foi projetado por um grupo chamado 3Dglück, que estudou o caso. “O intuito foi a criação de algo que fosse útil e proporcionasse maior qualidade de vida para Diego”, disse Andrea Monroy, co-fundadora do 3Dglück, em entrevista ao site Tech Crunch.

O vídeo abaixo mostra que Diego Corredor já está aprendendo a tocar. Ele toca trechos das músicas “Stay Together For The Kids”, do Blink 182, e “Don´t Cry”, do Guns N Roses. De acordo com o grupo 3Dglück, a prótese custou apenas US$ 50. Veja:

Por Igor Miranda

Opiniões, curiosidades, resenhas, listas e sobre todos os tipos de música são o foco desta coluna, comandada por Igor Miranda, jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]