Gene Simmons critica Kurt Cobain e Amy Winehouse: “não são ícones”

Gene Simmons critica Kurt Cobain e Amy Winehouse: “não são ícones”

Simmons crê que Cobain e Winehouse 'não são maiores que sua arte' (Getty images)

Simmons crê que Cobain e Winehouse ‘não são maiores que sua arte’ (Getty images)

O baixista e vocalista do Kiss, Gene Simmons, resolveu polemizar. Durante entrevista concedida à rádio Team Rock, o “linguarudo” comentou sobre lendas da música.

Sua opinião sobre o assunto não é muito positiva. “Não haverá outro Beatles, Prince ou Kiss. Não é o que o sistema quer. Daqui alguns anos, não existirão gravadas, porque os jovens preferem fazer download de arquivos ao invés de pagar os artistas por sua arte”, disse.

De acordo com o músico, não existiram grandes estrelas a partir de 1984. “Já se passaram mais de 30 anos. Me diga alguma superestrela que se tornou maior que sua arte de 1984 até hoje. Não cite alguém que gravou um ou dois discos, mas um novo Queen ou AC/DC, questionou Simmons.

Para ele, um artista deve gravar mais trabalhos para se tornar uma lenda. “Kurt Cobain (Nirvana) não serve. Foram poucos discos gravados. Amy Winehouse a mesma coisa. Não é porque você morreu, que você se tornou um ícone. Não há nenhum por aí”, concluiu.

Por Igor Miranda

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.