Gravadora queria tirar Mike Shinoda do Linkin Park

Gravadora queria tirar Mike Shinoda do Linkin Park

Mike Shinoda seria tirado antes de banda lançar 1° disco (Divulgação)

Mike Shinoda seria tirado antes de banda lançar 1° disco (Divulgação)

Uma declaração de Chester Bennington, em entrevista à Metal Hammer, chamou a atenção dos fãs do Linkin Park. O cantor disse que executivos da Warner, gravadora da banda, queriam que Mike Shinoda fosse tirado da formação.

O fato ocorreu entre 1999 e 2000, antes do lançamento de “Hybrid Theory”, álbum de estreia do Linkin Park. “Não fazíamos ideia do que estava rolando. A gravadora queria expulsar Mike da banda de qualquer jeito, o que é a coisa mais engraçada do mundo. Olhando para trás, penso ´que viagem mais insana´”, afirma Chester Bennington.

No entanto, Mike Shinoda é um dos membros fundadores da banda, ao lado do guitarrista Brad Delson e do baterista Rob Bourdon. Além disso, os demais músicos estavam confiantes no trabalho do Linkin Park até então. “Acreditávamos tanto no que fazíamos e pensávamos ´por que ninguém mais vê isso?´. Mas quando o disco saiu, acho que todos viram”, disse.

Os integrantes do Linkin Park não estavam errados. “Hybrid Theory” vendeu milhões de cópias e fez a banda estourar por todo o mundo.

Por Igor Miranda

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical.

Compartilhar