Guitarrista do Motörhead crê que “tipo durão” de Lemmy complicou sua saúde

'Ele é o John Wayne do rock', diz Phil Campbell sobre Lemmy (Getty)

‘Ele é o John Wayne do rock’, diz Phil Campbell sobre Lemmy (Getty)

É fato que foi criado um mito em volta de Lemmy Kilmister, vocalista e baixista do Motörhead.

O músico sempre foi descrito como alguém “invencível” por problemas de saúde, tendo em vista que fumava e bebia diariamente, como retrata o documentário biográfico “Lemmy”, de 2010.

Para o guitarrista do Motörhead, Phil Campbell, o mito criado por volta de Lemmy, além do estilo de vida do músico e de sua pose de “durão” prejudicaram a prevenção dos problemas de saúde pelos quais ele passa atualmente.

Campbell ressalta as melhoras de Lemmy, em entrevista ao site Wales Online. “Lemmy está com um marca-passo desde o início do ano. A partir daí, sua diabetes aumenetou. O aparelho está funcionado bem para ele, e ele também mudou seu estilo de vida. Não é um grande choque, pois ninguém está ficando mais novo”, contou.

Mas mesmo com as melhoras, para Campbell, os problemas poderiam ter sido evitados, pois outras pessoas tentaram aconselhá-lo a mudar seu estilo de vida. “O maior problema é que, durante toda a sua vida, ele mostrou ser um sujeito durão, o que dificulta a aproximação de outras pessoas. Ele é muito determinado e quer fazer tudo sozinho, é o John Wayne do rock”, afirmou.

Por Igor Miranda

Veja também:
Simone e Simaria comentam início com Frank Aguiar: 'não ganhávamos bem'

Igor Miranda é jornalista que escreve sobre música desde 2007 e com experiência na área cultural/musical. Contato: [email protected]

Compartilhar