Hacker que vazou “nudes” de Avril Lavigne e Rihanna é condenado nos EUA

Avril Lavigne foi uma das vítimas da ação de phishing (Reprodução/Instagram)

Avril Lavigne foi uma das vítimas da ação de phishing (Reprodução/Instagram)

O hacker que vazou fotos íntimas de várias celebridades em 2014 foi condenado, na última semana, nos Estados Unidos. A sentença de Ryan Collins, de 36 anos, é de 18 meses de prisão.

Segundo a justiça americana, Collins fez um procedimento chamado de phishing, durante dois anos, para obter acesso a arquivos privados no iCloud e no Gmail de mais de 100 pessoas. Entre as vítimas, estão as cantoras Rihanna e Avril Lavigne e as atrizes Jennifer Lawrence e Aubrey Plaza, entre outras.

Ryan Collins enganava essas pessoas ao criar páginas virtuais falsas que pediam login e senha das vítimas, se passando pela Apple e pelo Google. Desta forma, ele conseguia acesso a informações pessoais, incluindo fotos íntimas. A investigação também chegou à conclusão de que não houve brecha nos sistemas da Apple e do Google, mas, sim, certo descuido por parte das pessoas que sofreram os ataques.

Pelo menos 50 contas de iCloud e 72 contas de Gmail foram invadidas pelo hacker – e parte delas pertencia a pessoas anônimas, não a celebridades. O conteúdo íntimo obtido a partir deste procedimento foi divulgado na internet, em agosto de 2014.

Por Igor Miranda

#comentários

Compartilhar