Hackers tiram ‘Despacito’ e clipes de Shakira e Taylor Swift do YouTube

Imagens da série'La Casa de Papel' substituíram clipe (Reprodução/YouTube)

Imagens da série ‘La Casa de Papel’ substituíram clipe (Reprodução/YouTube)

O clipe da canção “Despacito”, parceria entre os cantores Luis Fonsi e Daddy Yankee, foi retirado do ar, na madrugada de terça-feira (10), após ser modificado por hackers. Segundo diversos sites da imprensa americana, o vídeo teve suas imagens trocadas por cenas da série ‘La Casa de Papel’, exibida no serviço de streaming Netflix – na descrição, aparecia o nome da dupla Prosox & KuroiSH, hackers que assumiram o ataque.

A dupla também fez ataques a outros clipes bastante populares, como ‘Wolves’, de Selena Gomez, e ‘God’s Plan’, de Drake, além de vídeos de Chris Brown, Shakira e Taylor Swift. Na manhã de terça-feira (10), o vídeo de ‘Despacito’ já voltou ao normal – inúmeros comentários dão conta de que a publicação foi mesmo hackeada.

Todos os vídeos atacados são mantidos no ar pela distribuidora Vevo. Em sua página no Twitter, o hacker Prosox atacou a empresa. “Vevo, vocês têm todo meu respeito, mas não deixe o controle do seu site com qualquer desenvolvedor. Isso foi uma brincadeira. Se quiséssemos prejudicar seus clientes, nós poderíamos deletar todos os vídeos, mas eu não deletei ‘Despacito’. Acreditem em mim”, disse ele.

Veja também:
Ouça: Drake, Florence, Gorillaz e outros lançam discos nesta sexta-feira

Lançado no ano passado, ‘Despacito’ se tornou o primeiro vídeo do YouTube a passar a marca de 5 bilhões de visualizações no YouTube.

* Por Estadão Conteúdo

#comentários