Fotos: Reprodução/Instagram deivison

Ídolo da música brega, morre Deivison Kellrs, vocalista da banda Torpedo

Após uma longa batalha contra o câncer, morreu neste domingo (19) o vocalista da banda brega Torpedo, Deivison Kellrs, aos 30 anos de idade. O músico era um verdadeiro ídolo na cena pernambucana e sua luta contra a doença mobilizou milhares de fãs nas redes sociais.

O falecimento foi confirmado pelo próprio perfil oficial do cantor no Instagram. “Nosso guerreiro descansou e partiu, está nos braços do nosso senhor!”, dizia a legenda.

Nosso guerreiro descansou e partiu, está nos braços do nosso senhor!

A post shared by Deivison Kellrs (@deivisonkellrsoficial) on

O velório foi realizado nesta segunda-feira (20), até o meio-dia, na Câmara dos Vereadores de Recife. O enterro foi no cemitério Santo Amaro, às 15h.

Nota de Sepultamento do nosso guerreiro.

A post shared by Deivison Kellrs (@deivisonkellrsoficial) on

Silvano Melo, empresário da banda, deu entrevista ao portal Uol e garantiu que Deivison “estava em paz”. “Ele sempre teve muita fé de que se recuperaria e que voltaria aos palcos. Isso o fez viver os últimos momentos sempre com muita confiança. A família abriu o velório para os fãs virem visitar e se despedir e muita gente está vindo dar esse carinho para ele”.

Deivison descobriu o violento câncer de fígado em 2017 e, desde o princípio, compartilhou a luta com os fãs. Dessa forma, o caso acabou tomando grande proporção nas redes sociais e o cantor recebeu muito apoio do público.

Veja também:
Participantes do 'The Voice Kids' desabafam sobre saúde mental após eliminações

Com a saúde visivelmente abalada e bem mais magro do que antes, Deivison começou a reduzir as aparições com a banda. Nos últimos dez dias antes da morte, ele ficou hospitalizado.

Vida e obra

Apesar de não ser instantaneamente lembrado em outras regiões do país, Deivison Kellrs e a banda Torpedo eram ídolos da vibrante cena brega pernambucana, com as letras de suas canções sendo conhecidas por contarem histórias tristes e sofridas.

Desde ‘Como A Culpa É Minha”, do fim de 2011, até ‘Fase ruim’, de 2017, os sucessos da Torpedo foram diálogos tristes sobre amor entre Deivison, que era garçom antes de virar cantor, e a outra vocalista do grupo (primeiro, Tayara Andreza, e depois Francyne Roper, que a substituiu em 2016).

Relembre ou conheça alguns dos sucessos da banda:

Funeral de Aretha Franklin ganha data e local para público dar ‘adeus’

Sou jornalista, mas nas horas vagas gosto de fingir que sou influenciador digital. Me segue no insta! @meunomenaoedolfo

Compartilhar